quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Apresentação do Silas

Vi e ouvi a entrevista, gostei da posição dele e acho que antes mesmo de estrear na Ressacada ele já estará perdoado por aqueles que ainda tem um pé atrás. Me incluo neste grupo mas depois da entrevista já estou tirando o "pé de trás".

Um comentário:

Seu Cunha disse...

Postei sobre esse sentimentalismo tolo que muita vezes temos.
No futebol o torcedor precisa acostumar que o maior sentimento de um profissional é o seu contrato.
Abraços,