sexta-feira, 25 de março de 2011

Estádio cheio dá prejuízo?

Pelo menos é isto que as promoções do departamento de marketing sugerem.
Há semanas venho recebendo e-mails do AVAÍ oferecendo camarotes VIPs, convocando a torcida para os jogos, anunciando promoções de ingressos para amigos de sócios, etc.. Pois bem, quero falar destes três casos especificamente.
No caso dos camarotes cheguei a responder o e-mail mandando cópia para o presidente Zunino. Precisamos oferecer oportunidades para TODOS os tipos e condições de torcedores, eu disse TODOS. Vejo campanha para camarotes, planos para sócios VIPs, etc., e é óbvio que o AVAÍ precisa abocanhar este público que pode pagar mais mas exige melhores instalações. E está certíssimo em oferecer este serviço, mas não pode esquecer do povão que é quem enche o estádio e está provado que é quem empurra o time nas horas difíceis. Mas o problema é que este público foi deixado de lado, e não foi só o povão que tem condições de pagar só os seus "quinzinhos" por jogo ou uma mensalidade de uns 40 pila, mas também aqueles que podem pagar um pouquinho mais por jogo ou na mensalidade. Não adianta elitizar demais, quem não tem condições de pagar 50 por jogo ou 60 por mês está praticamente excluído dos jogos do AVAÍ. Isto deixa a torcida indignada, e não é só quem não está podendo ir, mas todos aqueles que querem ver o estádio cheio e se solidarizam com os que estão de fora.
Depois me aparece um e-mail com o Marquinhos, o Cássio, o William e o Silas dizendo que precisam do torcedor, que estarão em campo e que nos querem nas arquibancadas. Tanto os jogadores como o Silas falam em entrevistas que querem a presença do público, que vão pedir redução de ingresso e até mesmo que as vaias tem a ver com o alto preço, solicitam à diretoria e recebem um belo NÃO ao pedido de redução, como vimos contra o Metrô.
Como viram que não basta uma melhora do time para o estádio encher e que é preciso uma redução para torcida voltar, resolveram fazer uma promoção de ingresso para o jogo contra o Ipatinga, mas limitaram a promoção ao número de 3000 ingressos. Pra mim isto significa que a diretoria NÃO QUER mais do que 8000 pessoas no estádio, afinal não devemos ter mais do que 5000 sócios pois nossa média de público não passa disto, e com a promoção ninguém comprará ingresso que não esteja na promoção, portanto não devemos ter mais do que 8000 pessoas contra o Ipatinga, menos da metade da capacidade do estádio, e muito diferente do que esperam os jogadores.
E principalmente, não adianta ficar fazendo uma promoção ou outra de ingressos, tem que reduzir o valor das mensalidades para termos mais sócios e consequentemente mais renda, e também reduzir definitivamente o preço dos ingressos para valores aceitáveis, como 30 pila na descoberta e 50 na coberta.

Um comentário:

Sergio Jr disse...

Sandro, desculpe, vou chutar o balde. A diretoria nao colabora, isso é falta de visao. Mas nao adianta convocar o torcedor e fazer aquele papelao do segundo tempo contra o Metro. Torcedor até aceita perder, mas em campo o time tem que ter atitude, raça e objetivo de ser campeao. Sejamos sincero, isso durante o ano em curso, so existiu contra o Imbituba. Pelo elenco que tem é muito pouco. Todos estao devendo, diretoria e jogadores. Continuo trisocio e acreditando no tricampeonato. Porem, exceto uns 3 jogadores o resto do eleno é relapso.