segunda-feira, 31 de maio de 2010

Voltamos a jogar mal

Mais uma vez não jogamos um bom futebol, mas desta vez acabamos perdendo pontos dentro de casa. É claro que isto vai acontecer durante o campeonato, foi a primeira vez mas não será a última, mas ao contrário do jogo contra o Grêmio que já estava computado uma possível derrota lá, este jogo contra o Vitória tínhamos que ter vencido pois estava na conta de qualquer um.
Tivemos várias oportunidades mas não conseguimos guardar lá dentro e é isto que vale. Eles também tiveram algumas e o resultado até que foi justo.
Como jogamos num falso 3-5-2, com o Davi vindo buscar jogo e ajudando o Caio na marcação, na sua ausência o Caio ficou sobrecarregado. Somando-se a uma noite infeliz do nosso motorzinho acabamos jogando mal e tendo dificuldades de alimentar o ataque. Infelizmente da forma que estamos jogando não é possível atuar com dois atacantes fixos.
Para isto precisaríamos ou jogar com apenas 2 zagueiros, o que acho improvável já que o Émerson Nunes tem sido um trunfo do Chamusca, ou ter mais qualidade na saída de bola dos volantes, e acho que seria aí que poderíamos mudar. O Rudinei não está numa boa fase e esta é a posição que mais temos jogadores. Não está bem, dá lugar para outro que certamente entrará melhor. Aí eu gostaria de ver mais uma chance pro Batista. Conhecemos o Batista e sabemos do seu potencial, acho injusto deixá-lo fora até do banco.
Uma coisa é certa, precisamos urgentemente melhorar o nosso passe, estamos errando demais e comprometendo tanto as jogadas de ataque como o sistema defensivo que fica sobrecarregado. Sabemos que temos jogadores de qualidade para entrar no time, mas pelo menos nestes próximos dois jogos temos que melhorar com quem já está aí e conquistar uns 4 pontos para termos uma certa tranquilidade na parada para Copa.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

O Grêmio passou, agora é o Vitória

O jogo contra o Grêmio passou, jogamos muito mal, errando muitos passes, sem aquela raça tradicional e mostrando pouca vontade de vencer. Parecia um jogo de casados contra solteiros, onde o AVAÍ era o time de casados só esperando o jogo terminar para ir comer o churrasco o encher a lata. Num jogo que até o Émerson estava irreconhecível não poderíamos ter melhor sorte.
Perdemos um jogo que "já estava calculado". Na conjuntura do campeonato até que podíamos ter vencido, mas como tradicionalmente é um adversário difícil de ser batido nos seus domínios um revés era esperado, ou pelo menos aceito. Mas isto é passado, amanhã já enfrentaremos o ótimo Vitória. Durante a semana o Vitória venceu o Atlético-MG por 4x3 com 3 gols do Shrek. No ano passado vencemos as duas partidas contra eles mas os times estão totalmente modificados.
Temos dois desfalques: Davi e Pará. Devem entrar Anselmo Ramon e Marcos, e isto já servirá para vermos os dois jogadores por mais tempo. Segundo o Rui Guimarães, o Marcos é melhor jogador que o Patric, se bem que o Patric não tem mostrado um futebol que encha os olhos.
Por falar em lateral, com a saída do Uendel quem pode estar voltando é o Eltinho que foi para o Inter, já venceu a quinta parcela que teriam que pagar por ele e até agora nem a primeira "pingou" na Ressacada ainda. Seria uma boa e teríamos dois alas bem agudos pela esquerda.
Amanhã nos vemos no parapeito da Ressacada.

FraZé

Ser feliz ou ter razão?

Oito da noite, numa avenida movimentada.
O casal já está atrasado para jantar na casa de uns amigos.
O endereço é novo e ela consultou no mapa antes de sair.
Ele conduz o carro.
Ela orienta e pede para que vire, na próxima rua, à esquerda.
Ele tem certeza de que é à direita.
Discutem. percebendo que além de atrasados, poderiam ficar mal-humorados, ela deixa que ele decida.
Ele vira à direita e percebe, então, que estava errado.
Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno.
Ela sorri e diz que não há nenhum problema se chegarem alguns minutos atrasados.
Mas ele ainda quer saber:
- Se tinha tanta certeza de que eu estava indo pelo caminho errado, devia ter insistido um pouco mais...
E ela diz:
- Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz.
Estávamos à beira de uma discussão, se eu insistisse mais, teríamos estragado a noite!

"Você nasce sem pedir e morre sem querer. Aproveite o intervalo!"

Bom fim de semana a todos

Seu Zé

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Ô vida boa

Meus amigos Istevo Mofio e Cynara deram uma escapadinha e foram curtir uns dias de férias em Machu Picchu. Como bons AVAIANOS não podiam esquecer o pavilhão azurra e desfilaram belos e formosos com a camisa do Leão nas ruínas peruanas.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Saudações Alvi-rubras

É, não foi desta vez que o tricolor conseguiu vencer o time do Evando. Desde 2008 quando empatou com o Santos na Vila Belmiro e se garantiu na Série A rebaixando o tricolor do estreito que o Náutico vem nos dando muitas alegrias.

Alôôô Bateriiiiiiia

Saindo um pouco do futebol, aí vai um convite para aqueles que gostariam de aprender ou aperfeiçoar seus conhecimentos para quem sabe fazer parte da bateria da Consulado.

Muito bem servidos

Definitivamente, estamos muito bem servidos de goleiros. Nosso titular vem se destacando na maioria dos jogos com grandes defesas e como sendo um dos principais articuladores do time com lançamentos precisos.
Quando o reserva Renan é chamado, por qualquer que seja o motivo, ele dá total segurança ao time como foi no jogo contra o Vasco domingo, fazendo belas defesas e dando tranquilidade ao time. Com certeza é uma das maiores revelações do time nesta nova safra que conta com Medina, Jhonny, Cristian, Laércio, Renan Oliveira, Marcos Paulo e outros. Temos goleiro para muitos anos e é um cheque em branco na mão na diretoria.
Apesar de reconhecer que o Paes também tem qualidade e que talvez não tenha tido a mesma sorte e as chances que o Renan teve, não concordo com o sistema de rodízio que é feito entre os goleiros. Cada um fica no banco por dois jogos seguidos. Nos próximos dois será o Paes. A Série A é mais difícil e não acho certo que não tenhamos definido quem é o segundo e quem é o terceiro goleiro. Pra mim e para 99% da torcida o Renan é o segundo goleiro e é ele quem deve ficar no banco sempre que for possível. Este rodízio tinha que ser feito, e foi feito, no Catarinense que é uma espécie de laboratório para o Brasileirão.
Por falar em goleiros, hoje ao meio-dia ouvi uma piada boa contada pelo Polidoro no Campo Crítico. Ele disse que o Renan só precisa melhorar um pouco na reposição de bola para disputar a posição com o Zé Carlos "que é um dos melhores do estado neste quesito" e que "se equivale ao Wilson que é o melhor goleiro do estado". Aí é pra arrombar a tarrafinha toda né. O Zé Carlos não é um dos melhores do estado na reposição de bola, ele é o melhor do estado e um dos melhores do país, mas a imprensa continua enchendo a bola do mãos-de-alface.

domingo, 23 de maio de 2010

Mais três pontinhos pra conta

Estou viajando e infelizmente levei falta na chamada de hoje na Ressacada. Pior é que não consegui nem acompanhar pela SporTV e fiquei refém da rádio pela internet e acabei ouvindo a vitória sobre o Vasco pela cbn. Confesso que esperava coisa pior, mas o Alano e o Faraco fizeram bons comentários, já o Miguel é o de sempre, com comentários simples e se contentando em criticar um e outro, chegou a pedir a saída do Anselmo Ramon com pouco mais de 10 minutos de jogo.
Como não assisti o jogo, não posso comentar com propriedade, mas o que pareceu foi que o Vasco começou melhor, aos poucos o AVAÍ foi se impondo e fez seu gol. No segundo tempo o Vasco voltou com o Rafael Coelho no lugar do Léo Gago, o que obrigou o Chamusca a retornar o Émerson Nunes para zaga e o Patric para direita. Aos poucos o Vasco ia se impondo, principalmente pelo lado esquerdo, e o treinador sacou o Pará para entrada do Léo San na zaga, puxando o Émerson Nunes novamente pra direita e o Patric para esquerda. Aí o AVAÍ melhorou e equilibrou a partida.
Na ânsia de empatar o jogo o Roth colocou todo mundo pra cima e pressionou o AVAÍ, oferecendo o contra-ataque. Justamente no contra-ataque o Robinho tabelou com o Anselmo Ramon, que fez a parede, e matou o jogo já no final.
Pelos comentários o árbitro foi daqueles que marcava qualquer coisa contra o AVAÍ mas não usava o mesmo critério quando a falta era para o AVAÍ. Da mesma forma foram os cartões, mas entre mortos e feridos salvaram-se todos.
São mais três pontinhos na conta e a segunda posição na tabela. Já são 7 e um excelente início de campeonato.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Este TJD...

É, o TJD de SC está dando um banho com uma boa ajuda da imprensa.
No caso do clássico onde quem realmente prejudicou em tudo foi a arbitragem do Sr. Luiz Orlando Scarpelli, e que deveria ter pego um gancho exemplar, a imprensa botou lenha na fogueira e queria que apenas o AVAÍ pagasse por todos os pecados do mundo. O leão-de-chácara do tricolor não poderia nem ter sido citado. Pois o TJD não se deixou levar pela pressão da imprensa e não puniu o AVAÍ que de vítima tinha passado a réu, mas resolveu também não punir o Luiz Orlando Scarpelli.
Passou e a imprensa crucificou o TJD falando que tudo virou pizza.
Agora, se sentindo ainda mais pressionado, o TJD cometeu dois absurdos, mas já com precedentes. Primeiro absolveu o tricolor pela escalação de um jogador irregular, coisa que está nítido no BID onde o jogador tinha contrato com o Imbituba até dia 15/05 e jogou pelo tricolor contra o próprio Imbituba no dia 10/05. Mas como o tricolor conhece bem o presidente da FCF, que inclusive já deu um canetaço em favor deles no caso do Carlinhos em 99, sabiam que em SC tudo pode desde que se seja amigo do Doutor.
Agora viraram a mesa sob os olhares atentos do Doutor para que a Chapecoense, que caiu no campo, volte pelos tribunais no lugar do Atlético de Ibirama que pediu licença. Virada de mesa também não é novidade em SC já que em 87 o vice da segunda divisão subiu para primeira quando o regulamento previa apenas o acesso de um clube, coincidentemente o segundo colocado deste ano era ninguém mais, ninguém menos, do que o tricolor do estreito.
Interessante que o que de mais sujo ocorre em SC sempre tem um precedente, e este sempre protagonizado pelo time do Doutor.
E por falar em tricolor do estreito e julgamentos, segue postagem "roubada" do blog SouCorneteiro.

Ano passado no dia 21/11/2009 aconteceu a partida FIGUEIRENSE 1 X 2 DUQUE DE CAXIAS, e naquele jogo houve incidentes relatados pelo árbitro em súmula que até hoje não foi para julgamento. Veja súmula abaixo:"Após o término do primeiro e segundo período de jogo, os torcedores da equipe do Figueirense FC, atiraram em nossa direção, equipe de arbitragem, ROLOS DE PAPEL HIGIENICOS MOLHADOS E CORTADOS A METADE, BEM COMO, UM RÁDIO PORTÁTIL E UMA CARTEIRA VAZIA.
Informo-lhes ainda que somente não fomos atingidos em virtude da policia militar haver usado escudos para nos proteger, no momento em entravamo-nos no vestiario da arbitragem"
Como uma súmula dessa não foi pauta para julgamento?
Aos interessados vamos enviar email para o STJD cobrando uma resposta. CLIQUE AQUI.
O Blog soucorneteiro já deixou um recado no site do STJD, isso não pode passar em branco.

FraZé

A vingança do cliente
Toca o telefone da casa...
- Alô.
- Alô, poderia falar com o responsável pela linha?
- Pois não, pode ser comigo mesmo.
- Quem fala, por favor?
- Edson.
- Sr. Edson, aqui é da Cia. de Telefonia, estamos ligando para oferecer a promoção Telefonia linha adicional, onde o Sr. tem direito...
- Desculpe interromper, mas quem está falando?
- Aqui é Sayonara Silva, da Telefonia, e estamos ligando...
- Sayonara, me desculpe, mas para nossa segurança, gostaria de conferir alguns dados antes de continuar a conversa, pode ser?
- Bem, pode.
- De que telefone você fala? Meu bina não identificou.
- 10366.
- Você trabalha em que área, na Telefonia?
- Telemarketing Pro Cliente...
- Você tem número de matrí­cula na Telefonia?
- Senhor, desculpe, mas não creio que essa informação seja necessária.
- Então terei que desligar, pois não posso ter segurança que falo com uma funcionária da Telefonia. São normas de nossa casa.
- Mas posso garantir...
- Além do mais, sempre sou obrigado a fornecer meus dados a uma legião de atendentes sempre que tento falar com a Telefonia.
- Ok.... Minha matrícula é 663311.
- Só um momento enquanto verifico.
(Dois minutos depois)
- Só mais um momento.
(Cinco minutos depois)
- Senhor?
- Só mais um momento, por favor, nossos sistemas estão lentos hoje.
- Mas senhor...
- Pronto, Sayonara, obrigado por ter aguardado. Qual o assunto?
- Aqui é da Telefonia, estamos ligando para oferecer a promoção, onde o Sr. tem direito a uma linha adicional. O senhor está interessado, Sr. Edson?
- Sayonara, vou ter que transferir você para a minha esposa, porque é ela que decide sobre alteração e aquisição de planos de telefones.
- Por favor, não desligue, pois essa ligação é muito importante para mim.
(O cliente coloca o telefone em frente ao aparelho de som, deixa a música Festa no Apê do Latino tocando no Repeat (quem disse que um dia essa droga não iria servir para alguma coisa?), depois de tocar a porcaria toda da música, a esposa atende:
- Obrigado por ter aguardado.... pode me dizer seu telefone pois meu bina não identificou...
- 10366.
- Com quem estou falando, por favor?
- Sayonara
- Sayonara de que?
- Sayonara Silva (já demonstrando certa irritação na voz).
- Qual sua identificação na empresa?
- 663311 (mais irritada agora!).
- Obrigada pelas suas informações, em que posso ajudá-la?
- Aqui é da Telefonia, estamos ligando para oferecer a promoção, onde a Sra tem direito a uma linha adicional. A senhora está interessada?
- Vou abrir um chamado e em alguns dias entraremos em contato para dar um parecer, pode anotar o protocolo por favor...
alô! alô!
TUTUTUTUTU...
Desligou.... nossa que moça impaciente!

"Se um dia você perder o controle, levante-se e mude de canal manualmente"

Bom fim de semana a todos
Seu Zé

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Menos mal

Parece que o presidente Zunino notou a grande lambança que estava sendo feita e tratou de arrumar a casa e os sócios não terão mais que pagar para assistir os jogos da Copa SC quando o AVAÍ for o mandante mesmo que o jogo não seja na Ressacada.
Nada mais justo, afinal este jogo já está pago pelos sócios já que os sócios tem direito a ir em todos os jogos em que o AVAÍ for o mandante de graça. Apesar deste jogo não ser na Ressacada, já que o gramado do nosso estádio está recebendo tratamento, mas o AVAÍ é o mandante.
A revolta da torcida e de quase que 100% dos blogs AVAIANOS não era pelo valor nem pelo jogo em si, já que a Copa SC vale muito pouco para o AVAÍ e realmente a torcida não deveria comparecer, mas pela atitude da diretoria de querer "passar a perna" no torcedor.
Como já falei na outra postagem, quando o AVAÍ reajustou abusivamente o preço das mensalidades no início do ano, as justificativas eram que precisavam socializar as despesas e que teríamos mais jogos neste ano. Realmente podemos ter mais jogos neste ano. Com a Copa do Brasil e a Sulamericana podemos ter mais jogos, mas até agora tivemos 2 pela Copa do Brasil e teremos pelo menos 1 na Sulamericana, o que convenhamos, não justificaria um aumento de quase 50% como houve em alguns setores.
Menos mal que o presidente consertou o erro a tempo. Teve mais sorte do que juízo já que a a partida foi adiada para hoje por causa das chuvas, e se fosse ontem provavelmente teriam cobrado dos sócios, mas que pegou muito mal esta idéia de cobrar dos sócios, ah isto pegou.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Atenção Mascotes Mirins

A Dona Nesi pediu (e pedido da Dona Nesi é uma ordem) para comunicar aos pais de crianças que queiram entrar em campo com os jogadores do Vasco o seguinte:
A diretoria social recebeu pedidos para as crianças do Vasco entrarem com jogadores e decidiu comunicar aos pais que " A Diretoria Social do Avai F.C. comunica que as crianças interessadas em entrar com jogadores do Vasco da Gama, devem mandar o nome e telefone para o email: social@avai.com.br até o dia 22 de maio. Lembramos que somente 22 crianças poderão entrar nos jogos da Série A".
Lembrando que as crianças que quiserem entrar com o time do AVAÍ precisam estar cadastradas no clube para participarem de um sorteio para definir as 22 crianças que poderão entrar em cada jogo. Para mais informações clique aqui e leia as instruções.

terça-feira, 18 de maio de 2010

Só pode ser gozação

Amanhã o AVAÍ joga no estádio do Guarani, na Palhoça, pela bajuladíssima Copa SC. Todos sabem que a única motivação neste torneio tampão é dar ritmo de jogo aos atletas que não vem participando dos jogos da Série A, testar alguns e vencer os clássicos que possam ter. Mas o objetivo maior desta copinha é dar uma vaga na Copa do Brasil, coisa que já adquirimos por termos sido campeões estaduais.
Por não valer quase nada par ao AVAÍ já não se esperava quase nenhum público nestes jogos. Mas por incrível que pareça, a diretoria achou uma forma de afastar de vez a torcida destes jogos pois, pasmem, neste jogo de amanhã entre AVAÍ e Criciúma será cobrado ingresso inclusive dos sócios. Isto só pode ser piada de mau gosto.
Oras, no início do ano a diretoria aumentou abusivamente as mensalidades chegando a patamares de mais de 60% de majoração, com a justificativa de que teríamos mais jogos do que no ano passado em casa. Nesta conta consideraram Catarinense, Brasileirão, Copa SC, Copa do Brasil e Sulamericana. No Catarinense realmente tivemos mais jogos, salvo engano foram 13 em casa, mas na Copa do Brasil foram calculados 7 jogos, tivemos apenas 2 em casa. Teremos os 19 do Brasileirão e a rigor 1 pela Sulamericana. Podemos ter mais pela Sulamericana mas primeiro teremos que superar o Santos. Restou a Copa SC que já não tivemos o primeiro jogo em casa por perda de mando de campo, o segundo também não será na Ressacada por causa de uma manutenção no gramado. Até aí tudo bem, mudar o local do jogo para Palhoça não é nada de mais, mas cobrar dos sócios é um absurdo afinal estes jogos já estavam computados no tal aumento para socializar as despesas no início do ano.
O time vem fazendo bonito neste ano, mas por favor diretoria, o torcedor não é palhaço, queremos respeito.
Se eu puder sugerir algo aos torcedores: não acompanhe a Copa SC enquanto esta decisão abrsurda não for revista!

Amanhã tem peneirão no Ajax

E aí rapaziada boleira, aí está uma chance para ingressar num time amador da região e quem sabe mais depois partir para o profissional. O Rafael Botelho é Agente Fifa e estará de olho na peneira.
O Ajax Futebol Clube, time amador do bairro Saco dos Limões, realizará uma peneira com garotos de 13 a 17 anos visando a disputa do campeonato florianopolitano das categorias Infantil e Juvenil.
Será no dia 19 de maio às 14h no campo localizado na Via Expressa Sul no bairro Saco dos Limões.
Qualquer dúvida entrar em contato pelo email ajaxfloripa@gmail.com

Para descontrair

Acostumados a ouvir entrevistas dos diretores tricolores com termos do tipo "performar", além de outras palavras pouco utilizadas para dar um ar de superioridade, vi este vídeo e me lembrei dos "bons tempos do Samuca".
No estilo "Tema livre", aí vai uma pérola do Youtube.


"Roubado" do blog Besteiras do Cotidiano

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Valeu o pontinho conquistado

Se olharmos apenas os primeiros 45 minutos podemos concordar com a imprensa de que perdemos dois pontos, afinal estávamos com um jogador a mais e com o placar favorável em 2x0, e mais, jogávamos muito bem, levávamos muito perigo ao gol adversário e não tínhamos levados maiores sustos além daquela cabeçada do Wellington Paulista no início do jogo. Caio, Davi, Roberto, Pará e a zaga estavam muito bem e os outros jogadores estavam na média, ninguém estava comprometendo.
Mas temos que considerar que jogávamos contra o poderoso Cruzeiro, um dos protagonistas deste campeonato, que montou um baita time para disputar a Libertadores e com certeza brigará na parte de cima da tabela até o final em busca do título. Após a derrota para o São Paulo em casa esperava-se um time reserva para poupar os titulares, mas eles vieram com o melhor que tinham em busca de uma vitória para levantar a auto-estima do time. Mas surpreendemos e fechamos o primeiro tempo em vantagem.
Mesmo com um a menos o Adilson Batista botou o time para cima. Perdemos o Émerson Nunes, que vem sendo um dos jogadores mais regulares e importantes do time, no intervalo e já no início da segunda etapa perdemos também o Pará que estreava muito bem. Além de terem saído dois dos melhores do AVAÍ em campo, queimamos duas alterações por contusão.
Em seguida o Zé Carlos, que vem sendo um dos heróis da temporada, passou a vilão. Errou o tempo da bola e tomou um gol que não costuma tomar. Na sequência fez um pênalti e foi expulso por levar o segundo amarelo. Aliás, que sirva de lição para não ficar enrolando já no começo do jogo como ele tomou o primeiro amarelo. Mas ainda tem crédito.
Daí pra frente o Cruzeiro foi todo pressão. Tiveram um gol mal anulado pelo mesmo bandeira que marcou dois impedimentos inexistentes contra nós no primeiro tempo, uh homem ruim. O Gaciba ainda deixou de dar um pênalti para o Cruzeiro numa bola que tocou a mão do Émerson. Tivemos apenas mais uma bola na trave numa cabeçada do Roberto, mas o empate ficou de bom tamanho, não podemos reclamar. Se no primeiro tempo dominamos as ações, no segundo fomos dominados.
Mas fica a certeza que estamos no caminho certo, temos um elenco de qualidade e buscaremos uma boa classificação final. Precisamos de 50 pontos, já alcançamos 4 e a luta continua. Não podemos é deixar de somar pontos.

domingo, 16 de maio de 2010

O que esperar deste jogo?

O Adilson Batista já disse que vai poupar alguns titulares, mas não quer dizer que vão jogar com o time reserva. E mesmo que jogassem com o time reserva seria difícil a parada por lá, só para se ter uma idéia no banco para o ataque eles tem o Wellington Paulista. Mesmo com o time misto as dificuldades serão enormes, provavelmente mais difícil do que se colocassem os titulares que mesmo que inconscientemente na dúvida tirariam o pé.
No ano passado eles colocaram o time reserva e mesmo assim perdemos, mas naquele jogo o problema foi a postura covarde que o AVAÍ apresentou. Vínhamos de uma péssima sequência de resultados, o que colaborou com a apatia do time. Espero que hoje o time apresente um futebol corajoso, de Série A. Temos que ter cuidado, jogar com aquela marcação firme como estamos fazendo, com a defesa sólida, mas com ousadia para poder trazer pontos de BH.
O time será repetido. Sávio, Vandinho e Leonardo continuam de fora. Mais uma vez acredito que uma peça chave será o Roberto com suas arrancadas. Se conseguirmos encaixar uns contra-ataques a coisa vai ficar bonita pro nosso lado. Confio na sequência de boas partidas que temos feito e não acho que será surpresa se conseguirmos dar um biquinho lá.

sábado, 15 de maio de 2010

Outro AVAí 4.

AVAÍ de Joinville.

O Avaí Esporte Clube, ou apenas o Avaí, é um clube de futebol brasileiro amador do bairro Vila Nova da cidade de Joinville, Santa Catarina. Atua no Estádio Carlos Stamm. O clube bem como o seu nome, as cores e o símbolo do Avaí E.C., foram inspirados no famoso clube da capital do estado de Santa Catarina, o Avaí Futebol Clube.

Avaí E.C.

Nome: Avaí Esporte Clube
Fundação: 28 de agosto de 1953
Estádio: Estádio Carlos Stamm
Divisão Amador
Fonte de pesquisas: Clubes Amadores de Santa Catarina
Internet.

Sejam bem vindas

E começou mais uma temporada da tainha. O defeso acabou e agora é só esperar os barcos cercarem e os belos lanços surgirem nas praias da ilha. O inverno sempre nos traz estas maravilhas para nossa costa. Como bom manezinho adoro peixe e quaisquer frutos do mar, mas a tainha sempre tem um lugar de destaque. Pra que melhor do que uma tainha e ova fritas com um pirão d'água. Ou escaladinha na brasa.
Como é bonito de se ver uma imagem como esta, ou das bancas do Mercado Público cheias de tainha ainda sujas de areia. Elas estão chegando e nós esperamos anciosos. Sejam bem vindas.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

FraZé

SÓ ALEGRIA!...

Todo o torcedor consciente é eternamente fanático por um clube de futebol, comigo não é diferente. Só que depois que vim morar aqui nesta ilha de Santa Catarina, talvez pela cor azul, garra da equipe, identificação do torcedor com o time, começou a aflorar em mim uma paixão por outro clube.

No inicio do mês de maio, o meu amor eterno e a minha paixão, pintaram de azul todo o Sul do Brasil. Como sei que sempre haverá lugar no meu coração também para esses guerreiros, minha alegria agora está sendo dobrada.

“Se algum dia o inter/RS ou figueira/SC jogarem contra um time de cachorros, estarei latindo na geral.”

Bom fim de semana a todos

Seu Zé

Lá vem o outro lateral direito

O lateral direito Marcos, do Cruzeiro, deve mesmo fazer parte do nosso grupo. Ainda não foi apresentado pois o Cruzeiro negociava com o Braga de Portugal, mas não chegaram a um acordo e ele deve mesmo vir para o AVAÍ.
Faz parte daquela "safra" de jovens bons jogadores que nos enfrentaram no ano passado lá no Mineirão.
Depois da eliminação do campeonato Mineiro, o técnico Adilson Batista fez uma lista de 7 atletas que não seriam utilizados neste Brasileirão e que podem ser negociados, e o Marcos está nesta lista. Aí fica a dúvida, entrou na lista porque faltou qualidade ou para ganhar experiência.
Sinceramente não lembro deste jogador mas como o Luiz Alberto tem crédito nestas contratações de jovens promessas acredito que tenha potencial.

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Resultados de ontem

O AVAÍ não jogou ontem, nem está mais disputando a Copa do Brasil, muito menos a Libertadores, mas dois jogos interessavam indiretamente ao AVAÍ e o resultados foram bons.
O Cruzeiro, nosso próximo adversário, enfrentou o São Paulo pela Libertadores e perdeu por 2x0 em pleno Mineirão. Teoricamente, como a situação ficou um pouco complicada, eles devem poupar seus principais jogadores, senão todos, para ter o time completinho no jogo de volta, quarta-feira que vem, no Morumbi. Isto deixaria o time menos forte e pode facilitar para nós. Outro ponto é que com a derrota, a torcida não deve comparecer em bom número, diminuindo a pressão. Em teoria este resultado foi bom para nós, apesar de no ano passado eles terem colocado o time reserva no jogo do Mineirão e acabamos perdendo com um gol de pênalti
cometido pelo Ferdinando.
O Santos é o nosso primeiro adversário pela Copa Sulamericana. Este campeonato normalmente não tinha nenhum atrativo para os times ditos grandes, era só mais um campeonato caça-níquel. Mas a partir deste ano o campeão garante vaga na Libertadores do ano seguinte, o que fará crescer o olho de todo time que disputar e todos levarão o campeonato mais a sério.
Mas a Copa do Brasil também garante vaga na Libertadores e se o Santos for campeão ele não terá maiores interesses na Sulamericana. Ontem Santos e Grêmio fizeram o melhor jogo do ano, com muitos gols, pegada e uma virada impressionante do Grêmio, mas a vitória por 4x3 pode ser revertida na Vila Belmiro com uma vitória simples do Santos, e não tenho dúvida que deste jogo sairá o campeão no torneio.
Muitos vão dizer que não temos que nos prevalecer destes tipos de benefícios para ir bem nos campeonatos. Tudo bem, mas se estivéssemos disputando estes campeonatos também teríamos um desgaste maior e uma hora teríamos que poupar alguém, isto é normal, e se os outros estão nesta situação a culpa não é nossa e temos que aproveitar a situação.

Várzea

- Estava conversando com um amigo que jogou no União Brejaruense, da liga amadora da Palhoça e ele não lembra de nenhum caso de jogador com contrato com outro time que tenha sido escalado pelo dele ou por qualquer outro da várzea da região. Parece que tem time profissional que sempre andou com o nariz empinado arrotando arrogância e se dizendo altamente profissional e com uma estrutura administrativa (coisa que já lhe valeu convites e vagas que não lhe eram de direito) acima dos demais, que está precisando se profissionalizar.
Provavelmente o Doutor vai fazer como no caso do Carlinhos e dizer que aqui quem manda é ele e na Copa SC vale tudo e vai acabar ficando por isto mesmo. Quero ver o que o tribunal vai fazer.
- Carlinhos Santos renovou com o JEC, inclusive seu novo contrato já saiu no BID. Ele só "se esqueceu" de avisar o tricolor do estreito. Preferiu jogar a Série D com a intenção de subir para C do que jogar a B podendo cair pra C. Quem sabe no ano que vem eles se encontrem.

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Álbum da Copa do Mundo

Pra quem está fazendo o álgum da Copa do Mundo e se deparou com as presenças do Ronaldinho Gaúcho e do Adriano que não vão pra Copa e sentiu falta do Grafite, aí vai uma dica: imprima a figurinha do Grafite e cole no lugar do Adriano.
___________________
Dica da Silvia Stähelin da Silva

terça-feira, 11 de maio de 2010

O Roberto ganhou ponto com a torcida

Idolatrado por uns, contestado por outros, o certo é que de um jogador de 15 minutos ele se transformou em titular do time. Começou a soltar mais a bola, aparecer bastante para o jogo e arrematar com mais qualidade e conseguiu um lugar no time.
Eu sempre fui crítico dele. Já deixei claro várias vezes que não gosto de jogador que passou pelo estreito, e para mudarem minha opinião tem que convencer não só em um jogo, mas numa sequência. A imprensa sempre encheu a bola dele desde quando ele apareceu no time no ano passado, pedindo que ele fosse titular, mas nunca me convenceu. Mas agora ele vem fazendo bons jogos, jogando desde o início e repetindo boas atuações, talvez esteja jogando bem justamente pelo fato de ter uma sequência de jogos.
Mas os pontos ele ganhou quando veio à tona neste final de semana a informação que o Silas ligou pra ele convidando-o para ir para o Grêmio. Logo o Silas que nunca deu uma sequência de jogos para ele e pouco utilizava-o. Aliás, parece que o Silas perdeu totalmente o prumo, anda fazendo besteiras e sempre com o AVAÍ.
Parabéns Roberto pelo futebol que vens apresentando, mas principalmente pela fidelidade a quem confiou em ti.

Está parecendo sacanagem

Como campeão catarinense, o AVAÍ já tem vaga assegurada na Copa do Brasil. Mesmo assim, para não deixar os outros times na mão, está participando da Copinha. A intenção é colocar os jogadores que não estão sendo aproveitados no time principal para ganharem ritmo de jogo e observar os que tiveram poucas chances, além de vencer os clássicos que tiverem.
Estamos jogando com um time reserva mesclado com jogadores dos juniores. Mesmo assim o nosso time é muito superior aos demais. Ontem ouvi o final do jogo e parecia sacanagem. Jogaram: Paes, Léo San, Gabriel, Johnny, Rodrigo Thiesen, Frédson, Medina, Pará e Laércio. Com este time poderíamos jogar tranquilamente o estadual que seríamos um dos favoritos. Mas por incrível que pareça, é o "menos bom" que podemos colocar para brincar nesta copinha que é uma bagunça só, a cara do Deu-fim.
Só temos que ter uma preocupação, não podemos disparar e vencer a copinha se o time do estreito for vice já que se formos campeões é o vice da copinha que leva a segunda vaga na Copa do Brasil.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Iniciando com o pé direito

Grande apresentação e vitória maiúscula.
O jogo esteve equilibrado até o Grêmio Prudente começar a apelar e perder jogadores. Abrimos o placar e eles empataram. Quando íamos aumentar o placar o zagueiro Paulão teve que parar o Roberto na falta e foi expulso. Até aí a defesa deles estava muito bem postada e impedia nossas investidas, sempre com pelo menos 2 jogadores de defesa a mais do que conseguíamos atacar. Em seguida o Émerson fez o seu segundo gol e fechamos o primeiro tempo na frente. Antes do intervalo ainda deu tempo para o Carlos Eduardo puxar o Émerson Nunes, levar o segundo amarelo e fazer companhia ao Paulão.
Aí virou massacre. Voltamos com toda gana para liquidar a partida. Roberto fez um golaço e em seguida o Caio fez outros dois belos gols. Ao apagar das luzes o Émerson ainda fez mais um e pediu a música no Fantástico.
Destaques individuais para o Zé Carlos que é um dos nossos melhores armadores, senão o melhor. A zaga foi mais uma vez muito bem com todos os três fazendo uma ótima partida. Roberto está queimando minha língua e mostrando que pode ser titular. Rudinei foi um monstro no meio de campo e Caio pra mim foi o melhor em campo com dois gols e dois outros belos chutes de fora da área.
Chamusca mais uma vez foi muito bem. Começou no 3-5-2 mas assim que o primeiro jogador deles foi expulso já deslocou o Émerson Nunes para lateral e liberou o Patric. No segundo tempo não teev medo de ser feliz e tirou um zagueiro para colocar o Cristian e jogou o time pra frente, bem diferente do time acuado que jogou parte do estadual.
Mostramos que temos um time competitivo e assim que todos os jogadores estiverem a disposição teremos um belo grupo para tentar repetir a campanha do ano passado. Mas agora a principal meta é chegar aos 50 pontos como foi no ano passado.

Finalmente

Depois de muita enrolação e má vontade, finalmente a bandeira Azurra foi hasteada na estrada da ilha.
A ilha tem um dono que veste Azul e Branco, e agora todos que entram na cidade já sabem disto.
_____________________
Foto: Valeci Nunes Filho

domingo, 9 de maio de 2010

Feliz Dia das Mães

Felicitando minha esposa, minha mãe, minha vó e minha sogra, quero parabenizar a todas as mães, principalmente as AVAIANAS por esta data.
Felicidades e tudo de bom para estas guerreiras que se desdobram para fazerem o melhor para suas famílias.
Feliz Dia das Mães!

sábado, 8 de maio de 2010

Vem aí a Festa Junina no Sítio do Tio Techo

A mais tradicional festa junina open bar da cidade está de volta.
Com muitas atrações, bebidas variadas e muita comida típica, a Festa Junina no Sítio do Tio Techo vai agitar a ilha no dia 26/06/10.
Aproveitem os preços do primeiro lote e garanta seu lugar nesta festa. Maiores informações no flyer abaixo.
Convites comigo através do e-mail ou msn alessandrotrv@hotmail.com

(Clique na imagem para ampliar e conhecer todas as atrações)

Outro AVAí 3.


O time que deu nome ao bairro


Avaí Esporte Clube, fundado em 1949, foi a primeira equipe de futebol de Guaramirim


O futebol fez parte da vida de Zeca, em bons momentos da sua juventude, quando integrou equipe de futebol amador como centroavante nas décadas de 1940-50. Bons tempos eram aqueles em que o centroavante Zeca jogava por amor à camisa, porque pelo dinheiro não seria possível naquela época, não se ganhava nada pelo tanto que se jogava. Ele lembra como se fosse hoje, quando há 58 anos ajudou a fundar o Avaí Esporte Clube, de Guaramirim. O time era para ser chamado de Diana, por conta de uma indústria de açúcar de Joinville, quando a cidade ainda era um distrito joinvillense. Mas a denomiação escolhida pela maioria dos 14 fundadores foi Avaí, para homenagear o clube da capital, um dos mais antigos do Estado.
José Perfeito de Aguiar, o Zeca, nascido e criado no bairro que levou o nome do time que ajudou a criar, tem 76 anos e junto como o irmão, Manoel Perfeito de Aguiar, 79 anos, o Neco, fez a história do clube avaiano de Guaramirim. Hoje são os únicos vivos daqueles 14 que procuravam um meio de lazer no final dos anos de 1940 e através de uma ‘vaquinha’ compraram a primeira bola. De uma família de 13 filhos de Perfeito Manoel de Aguiar, José e Manoel são dois de 10 homens que levaram como segundo nome o primeiro do pai. “Isso é porque todos nasceram perfeitos”, brinca Zeca.
De boas recordações a vida de Zeca está cheia, principalmente quando fala do Avaí Esporte Clube. O primeiro time de futebol de Guaramirim na verdade eram duas equipes, formadas por 22 jogadores, a maioria agricultores, comerciários e comerciantes. Como forma de homenagear não só o time da capital que levou o nome da equipe do interior, quando da fundação do clube, o Estado também recebeu homenagem com a escolha das cores da camisa e bandeira: verde, vermelha e branca. Foi em 27 de maio de 1949 que o clube foi fundado, meses depois, em 28 de agosto, Guaramirim se emancipava de Joinville.
O time vingou de tal maneira que o bairro da nova cidade recebeu o mesmo nome do clube. O Avaí era reconhecido em qualquer lugar que jogasse. Disputou durante cinco anos a Liga Joinvillense da segunda divisão, quando ainda nem Jaraguá do Sul possuía uma competição local e junto com Corupá também ia para a cidade vizinha. Nos jogos, a equipe avaiana disputava com os times jaraguaenses Baependi, Acaraí, Estrela, Água Verde, Botafogo e o corupaense Dom Pedro 2º. “A gente ficava entre o segundo e terceiro colocado”, fala Zeca orgulhoso.
As dificuldades eram muitas, mas a vontade era grande. “A gente andava de bicicleta até 10 quilômetros para jogar pelo time. Naquela época futebol era na raça. Agora precisa pedir por favor para o jogador participar”, afirma Zeca ao referir-se ao fato dos jogadores serem bem remunerados hoje. Entre as passagens do time, Zeca lembra do dia em que a equipe saiu à 1h30 da madrugada para jogar em Rio Negrinho e por causa da precariedade da Serra de Corupá e São Bento do Sul chegaram às 11h30 na cidade, quase na hora do jogo. Hoje o time levaria menos de duas horas para fazer o mesmo trajeto.
Outra foi quando o clube teve que fazer uma promoção para pagar a conta dos 30 dias de internação do jogador Euzébio, em 1953, que teve fratura exposta na perna quando jogava. Sem dinheiro, a família do jogador teve que recorrer ao Avaí para pagar as despesas em Joinville. A solução veio de imediato. Foram convidados o Caxias, de Joinville, e o Baependi, de Jaraguá, os melhores da época, para promoção de um jogo especial. “A renda deu para pagar o hospital do jogador e ainda ajudamos durante seis meses a família do rapaz”, lembra Zeca.


Clube se mantém através das escolinhas e promoções


As décadas passaram e outras gerações fizeram parte do Avaí. Na década de 1990, o funcionário público Irvando Luiz Zomer, o Dinho, 39 anos, também foi centroavante, assim como Zeca, e presidente do Clube de 1993 a 2004. “Era muito bom jogar no Avaí. O clube sempre se empenhou pelo futebol amador”, comenta Dinho. O time passou por boas fases. De 1993 a 1995 foi tricampeão do Varzeano de Guaramirim e de 1996 a 1998 ficou em terceiro lugar. Mas o sucesso da equipe não se repete mais, já que não disputa competições desde 2002. Com apenas um time Sênior, a participação em compeonato aconteceu ano passado em Jaraguá do Sul.
Mas o clube não está parado, o campo recebe manutenção constante e ao lado da sede antiga foi construído um ginásio de esportes. Todos as noites da semana, equipes jogam futsal e durante o dia funcionam escolinhas dessa modalidade, assim como de vôlei e handebol, que hoje contam com mais de 200 crianças e adolescentes. As modalidades recebem recursos do Fundo da Infância e Adolescência (FIA).
O campo é usado para a escolinha de futebol mantida pela Prefeitura e para promoções da diretoria do Avaí com objetivo de angariar recursos. Dinho que agora é diretor social do Clube, comenta que o Avaí é o orgulho do bairro, mesmo sem contar com uma equipe. “Queremos montar um time, quem sabe ainda este ano”, comenta. Para o veterano Zeca, a falta de interesse da juventude pelo esporte é porque hoje existem mais opções de lazer, o que faz com que o futebol amador seja deixado de lado.


O Avaí Esporte Clube, ou apenas a Avaí, é um clube de futebol amador brasileiro da cidade de Guaramirim, Santa Catarina. Atua no estádio municipal de Guaramirim e participa das ligas de Guaramirim e Jaraguá do Sul. Foi vice-campeão da 2ª Divisão da Liga Jaraguaense em 1982 e 1985.
O clube bem como o seu nome, as cores e o símbolo do Avaí E.C., foram inspirados no famoso clube da capital do estado o Avaí Futebol Clube.


Histórico em competições oficiais (Participações)
Vice-campeão da 2ª Divisão da Liga Jaraguaense - 1982 e 1985


Avaí E.C.


Nome Avaí Esporte Clube
Fundação 1949
Estádio de Guaramirim


Fonte: http://www.an.com.br/
Internet geral.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

E a bandeira finalmente será hasteada

A informação do blog do Vandrei Bion é que finalmente nossa bandeira será hasteada na estrada da ilha.
Esta exigência da torcida Azurra é simplesmente por um tratamento igualitário por parte da prefeitura de Florianópolis. Oras, quando o time do estreito ganhava qualquer coisa a primeira atitude era colocar a bandeira tricolor na entrada da cidade. E no caso deles eles substituíam uma das bandeiras pela do time, ao contrário da nossa que foi colocada abaixo da de Florianópolis. Mas já que está sendo colocada já está de bom tamanho pois sabemos que na prefeitura a coisa é preta, branca, verde, rosa e outras cores, menos azul.
A homenagem vem com uma semana de atraso, mas deve ter sido complicado convencer aquela turma de que a homenagem é justa.
Um abraço ao assessor de imprensa da prefeitura que deve estar contentíssimo com esta homenagem.

Olha quem apareceu

Estreamos na Copa Santa Catarina ontem e tivemos uma grata surpresa. Depois de meses em tratamento e informações de que ele deixaria a Ressacada sem ter feito nenhuma partida, ontem o volante Frédson esteve em campo. Como o jogo foi em Blumenau e não houve transmissão pela TV, ficamos reféns dos comentários das rádios, mas segundo o Rodrigo Faraco, ele fez uma boa apresentação, mostrou qualidade e vigor físico, e ganhando ritmo de jogo pode nos ajudar no time principal. Outro que jogou e foi elogiado foi o Léo San, que também precisa de ritmo de jogo mas pelos comentários tem boa imposição física em campo e qualidade.
Medina e Ildemar reeditaram a parceria do tempo dos juniores e comandaram o meio-de-campo, inclusive fazendo gols. Medina repetiu o feito do jogo contra o Atlético de Ibirama e fez um golaço de falta. O outro golaço saiu dos pés do velho conhecido Rafa Costa que pelaa narração também fez boa partida. Quem foi elogiado pelo técnico Neguinho foi o Hegon pela ala esquerda. Um que estava desaparecido e que deu o ar da graça ontem foi o Marquinhos Bike, um cara que eu gosto de ver jogar pela vontade que ele tem mas que não agrada a torcida por tantas rateadas que já deu.
Para um campeonato que não vale nada para nós e que, pelo menos para mim, o maior interesse é vencer os clássicos, até que mandamos bem, com o time totalmente reserva e jogando fora de casa. Numa dessas podemos abocanhar mais esta Copinha e quem sabe colocar também o time A2 na Copa do Brasil, hehehehe.

FraZé

Uma pequena homenagem
Às Mães que souberam sacrificar uma talvez brilhante carreira profissional, para darem prioridade à maternidade e à educação dos seus filhos e às que, quantas vezes precisamente por amor aos filhos, souberam ser firmes e educadoras, dizendo um “não” oportuno e salvador a muitos dos caprichos dos seus filhos adolescentes.
A todas as Mães, a todas sem exceção, um Abraço e um Beijo cheios de simpatia e de ternura! E Parabéns, mesmo que ninguém mais vos felicite! E Obrigado, mesmo que ninguém mais vos agradeça!

Feliz dia das Mães!

“Mães e filhos não foram feitos para serem amigos, foram feitos para serem Mães e filhos."

Bom fim de semana a todos

Seu Zé

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Novo uniforme

Ontem estivemos (eu e minha esposa que ganhou convite numa promoção no site oficial) no lançamento do novo uniforme do AVAÍ para o restante da temporada.

video


No geral gostei bastante da coleção apresentada. Camisas de passeio e a da Copa do Brasil já eram conhecidas. Os agasalhos também são de muito bom gosto. Gostei bastante também dos materiais azul e branco, são simples mas bonitos.
A polêmica quanto ao gosto deve ficar por conta do uniforme número 1. Devido ao espaço que foi deixado em branco para o patrocinador master realmente ficou bastante estranho. Agora temos que esperar fechar com este patrocinador, que pelo que falaram ontem já estava praticamente acertado, para ver como fica a camisa completa.
Em seguida foi servido um jantar na bela sede da Komeco onde tivemos a oportunidade de conversar com atletas, diretores e outros torcedores e blogueiros. Destaco a simpatia do Rafael, Émerson, Rodrigo Thiesen e Sávio que bateram papo e pousaram para fotos.

Faltou falar duas coisas

Como hoje já teremos jogo pela Copa SC onde enfrentaremos o Metropolitano e domingo inicia o Brasileirão, quero finalizar o assunto Campeonato Catarinense, mas antes tenho que comentar duas coisas.
A primeira: "Chupa Bailarina, que aqui o limão é ainda mais azedo". Esta vai para este sem noção aí, que como todos sabem fez aquela narração ridícula dizendo que "aqui não manezinho, chupa que o limão é azedo" na final do primeiro turno.
Não só fomos os campeões como vencemos lá em Joinville, tiramos o selinho do Jec e os colocamos no seu devido lugar.
"Aqui não manezinho" é? Aí sim bailarina, te conforma com o vice do Ovelha que vocês já saíram no lucro.
A segunda é em relação à inteligente homenagem que foi feita ao Deu-fim na hora da premiação do campeão.
Ele achou ruim e a imprensa também, falando que fomos indelicados e desrespeitosos, mas se esquecem de todos estes anos que sofremos com maracutaias orquestradas pelo Fidel Castro Barriga Verde.
Deu-fim sempre se posicionou a favor do lado do estreito, nos ignorando quando precisamos da federação em nível nacional, favorecendo quem não merecia, escalando arbitragens altamente tendenciosas que nos prejudicaram demais e que inclusive nos tiraram de briga por título. Enquanto isto nos lados do estreito era tudo mil maravilhas, passeando de carro maca, desfilando com diretores, etc..
Uma coisa é certa: ele não gosta do AVAÍ e nós não gostamos dele, então que fique cada um do seu lado.
Parabéns torcida, cada um colhe o que planta.

quarta-feira, 5 de maio de 2010

A barca vai partir...

... e nela devem embarcar promessas, decepções e alguns que já deveriam ter ido há algum tempo.
De todos, a maior decepção é o Frédson. Quando foi anunciado foi rotulado como a melhor contratação. Jogador experiente, com passagens por grandes times e com fama de ótimo marcador e que chega bem na frente. Por várias vezes foi contestado tanto aqui neste blog como em outros o por que de não estar sendo utilizado. A resposta era que ele não estava totalmente recuperado. Logo no início do campeonato, assim que o time principal chegou de Gramado, ele estava relacionado para um jogo e a imprensa já o dava como escalado. Em cima da hora o DM AVAIANO vetou sua participação na partida e até agora ele não entrou em campo. E pelas palavras do Moisés Cândido ele nem vai entrar, está na lista dos que devem ser emprestados. Uma pena pois muitos queria vê-lo jogar.
Das surpresas eu considero o Renan Oliveira a maior delas, apesar de entender que um empréstimo seria interessante para o jogador ganhar experiência e depois voltar para lutar por uma das vagas na lateral já que agora temos dois bons laterais e ele não teria vaga no grupo.
E dos que já são velhos conhecidos e que sabemos que são bananeira que não deram cacho e que nem vão dar, o principal é o Jandson. Coitado, até que é esforçado mas para jogar no AVAÍ não dá. A surpresa foi a não inclusão do Gustavo (pelo menos não foi falado pelo Alysson Francisco) nesta lista. A torcida tem uma marcação com ele. Não é um grande jogador, mas neste ano avalio como razoáveis as suas participações e no geral não comprometeu, jogando com muita vontade agora na lateral. O problema é que ele é irmão do Marquinhos, e sempre vai ser, e este rótulo o atrapalha muito já que sempre é comparado com o irmão que é ídolo do clube.
Os outros que devem ser emprestados, na maioria são dos juniores que "estouraram" a idade e devem estar na mesma condição do Renan Oliveira, sair para ganhar experiência e quem sabe serem aproveitados no futuro.
___________________________
Foto: Clicrbs.com.br

Johnny na Itália?

Ouvi hoje cedo no "acorde esportivo" na Guarujá, dito pelo Rui Guimarães, que o nosso volante Johnny, que apareceu muito bem no time e de uma hora para outra perdeu a vaga entre os titulares, foi jogar na Itália.
Na verdade o Rui não tinha maiores informações em relação a qual time ele está defendendo nem a forma de negociação, que deve ter sido por empréstimo, mas para mim isto tudo é uma grande surpresa.
Em todas as suas apresentações, fora aquela em Joinville em que ele foi deslocado para lateral esquerda, ele foi muito bem e um dos destaques do time. Com uma ótima marcação e chegando ao ataque para arrematar à gol, a torcida tinha um carinho especial por ele, principalmente por ter vindo da base.
Espero que ele tenha ido por empréstimo e possa voltar mais experiente para ainda nos dar muitas alegrias.
Atualização: Segundo informações o Johnny e mais dois jogadores das categorias de base foram fazer um estágio em um time italiano. Tanto podem retornar em breve como podem ser negociados rendendo um trocado para os cofres Azurras.

Uns batem papo, outros batem boca.

Daí Galera,
Então, parabéns a nós Avaianos, torcida, atletas, diretoria. A todos que ajudaram nessa campanha, mais uma vez vitoriosa.
Conversando com alguns colegas e amigos, tinha a impressão que esse campeonato catarinense era uma verdadeira gincana escolar. Na final era a equipe da 1º A, contra a 4º D, mas a equipe da 2º B, aquela desclassificada já no meio da gincana, estavam seus membros muito nervosos e qualquer tentativa de bate papo, terminava em bate boca.
Me parece que essa turma da 2º B, repetentes que são, foram para a escola e trocaram a merenda pelas letras e acabaram se confundindo.
Ao Professor Péricles Chamusca, que começou com uma didática um pouco complicada, mas no fim todos conseguiram assimilar seus ensinamentos e alcançaram as melhores médias.
Ao diretor João Zunino, o nosso eterno obrigado.
Agora daremos um salto sem nem um descanço com férias, vai começar a Faculdade...
Abraço,

terça-feira, 4 de maio de 2010

Valeu Luiz Orlando Scarpelli

Reclamamos demais, xingamos demais, queríamos que ele pagasse todos os seus pecados depois de ter nos assaltado na nossa própria casa. E não é que ele pagou mesmo os seus pecados? Reconhecidamente torcedor das barbies, a última coisa que o senhor Luiz Orlando Scarpelli queria era nos ver campeões estaduais, tanto que fez o que fez no clássico para não nos deixar escapar na classificação.
Pois bem, com aquela arbitragem apelativa no clássico ele conseguiu deixar tanto o time como a torcida com a gana necessária para darmos aquela arrancada final. E mais, após um início de ano conturbado quando a relação entre torcida e time ficou um pouco estremecida, ele conseguiu uma conciliação quase que forçada, onde todos notaram que precisavam se unir para lutar contra tudo e contra todos.
E foi isto que aconteceu, depois daquele jogo torcida e time se fundiram novamente e formamos uma força que ainda não tinha sido vista neste campeonato, e o time acabou embalando ao natural. Foi assim que fizemos belas partidas contra o Grêmio, mais um clássico com muita raça e que culminou com as belas apresentações e o passeio na final.
Luiz Orlando pagou da forma que menos gostaria, vendo seu maior rival sendo campeão. Obrigado Luiz Orlando Scarpelli, mas faz um favor, te aposenta que ninguém aguenta mais tanta ruindade.
_____________________
Foto: Flávio Neves

Lançamento do novo uniforme


Amanhã será lançado o novo manto sagrado azurra na sede da Komeco.
Estaremos lá.

segunda-feira, 3 de maio de 2010

O Mais Vezes Campeão voltou

Sou AVAIANO de coração, eu sou do time MAIS VEZES CAMPEÃO. Contrariando a tradição azurra, fomos campeões com uma facilidade que não é comum. Acostumados a sofrer até os últimos segundos de cada batalha, o AVAÍ passeou na final e venceu as duas partidas fazendo um placar geral de 5x1, incontestável.
Venceu quem mereceu. Fomos o melhor time do campeonato, perdemos o primeiro turno por 7 segundos e vencemos o segundo. Enfrentamos o vice-campeão em 5 oportunidades e os atropelamos em 3 delas, temos o melhor elenco, o melhor time, o melhor técnico e o melhor preparador físico que consegue fazer nossos jogadores voarem e olharem os adversários de cima para baixo.
Além de mais qualificado tecnicamente o time mostrou que tem brio, um verdadeiro grupo de guerreiros. Nosso treinador foi muito contestado no início por não dar um padrão de jogo ao time, mas a medida que foi implantando sua filosofia de jogo na cabeça dos atletas e foi dando entrosamento ao time que foi totalmente reformulado, o time começou a apresentar um bom futebol. O divisor de águas foi o primeiro jogo da Copa do Brasil, quando fomos assaltados em Porto Alegre e mesmo assim quase conseguimos diminuir ainda mais o placar. De lá pra cá o time mostrou a tradicional raça AVAIANA e se impôs sobre todos os adversários, seja no estadual ou na Copa do Brasil.
Fomos campeões mostrando um bom futebol e chegamos para a Série A com um time certinho. É claro que a realidade agora é outra, mas é importante iniciar bem a competição e eu acredito que assim será.
Parabéns Guerreiros e muito obrigado por mais esta conquista.

sábado, 1 de maio de 2010

Minha maior preocupação

Não gosto de cantar vitória antes do tempo, ainda mais se tratando do AVAÍ que gosta de "fazer coisas" e aprontar para cima de todo mundo fazendo a torcida sofrer até o último minuto, mas concordo com a maioria da torcida e imprensa, e até mesmo a torcida adversária, que o título está muito próximo.
A vantagem é grande, não só por jogarmos em casa e termos a vantagem de poder até perder por dois gols de diferença, mas pelo histórico deste confronto neste campeonato, onde massacramos em duas oportunidades, vencendo por 5x1 aqui e 3x1 lá, empatamos uma onde poderíamos ter vencido se não fosse a participação pontual do Zé Acácio, e perdemos apenas uma partida onde a superioridade deles nem foi assim tão grande.
Sendo assim realmente o favorito é o AVAÍ. Mas ser favorito não quer dizer que já vencemos. E o que me deixa com a única preocupação de que possa dar algo errado é quando vejo quem apitará o jogo: Célio Amorim.
Este cidadão já nos prejudicou substancialmente na esmagadora maioria das vezes que apitou nossos jogos. E isto não é deste ano, já vem de tempo mas começou a ter destaque em 2008 quando ele nos eliminou do estadual ao não dar 3 pênaltis a nosso favor contra o Criciúma.
No ano passado ele repetiu as péssimas arbitragens, mas tudo culminou neste ano, com arbitragens terríveis. Foi o árbitro que mais apitou jogos nossos, talevz por causa da visibilidade já que todas as nossas partidas foram televisionadas e o "dindo" dele tem interesse que ele apareça bastante nos holofotes.
Nestas várias partidas nossas que ele apitou, foi mal em quase todas e deixou de dar pênaltis escancarados a nosso favor. Mas curiosamente na última partida do AVAÍ que ele apitou, errou a nosso favor deixando de dar um pênalti em favor do Metropolitano.
Se ele não interferir no jogo eu não tenho medo algum, mas quando se trata de Célio Amorim pode-se esperar de tudo, inclusive uma lambança monstruosa determinando o vencedor do campeonato.
Vamos nos apegar à Nossa Senhora da Ressacada para que a partida siga bem. Tomara que ele não queira aparecer mais do que os jogadores.

Coisa linda

Quinta-feira fui acompanhar o jogo entre Amigos do Zico e Amigos do Falcão. Meu ingresso era do Setor G mas como neste setor não era bom para assistir os shows do Daza e do Gabriel Pensador, abriram o portão e liberaram o pessoal daquele setor para assistir os shows e a partida nas cadeiras.
Fazia tempo que eu não assistia jogos daquele lado e vou dizer uma coisa, que beleza que está o Templo Azurra heim... Aquele vidro temperado que foi colocado em substituição aos antigos alambrados ficou coisa de primeiro mundo. As novas arquibancadas a frente das cadeiras também ficaram ótimas, falta só finalizar algumas coisas mas no geral está show de bola.
É claro que para o torcedor o que importa são títulos e sofremos uns bons anos com a falta destes, mas com planejamento os títulos vieram e agregado a isto ganhamos um estádio top.

Outro AVAÍ 2.

Daí Galera,

Batalha de Avaí

A batalha de Avaí foi travada junto ao arroio de mesmo nome, em território paraguaio, em Dezembro de 1868, durante a Guerra da Tríplice Aliança, entre as forças da Tríplice Aliança e as do Paraguai.

Foi um dos combates travados na fase do conflito denominada como Dezembrada, quando se registrou uma série de vitórias obtidas por Caxias naquele mês, ao evoluir em direção ao Sul para tomar Piquissiri pela retaguarda, a saber: batalhas de Itororó, Avaí, Lomas Valentinas e Angostura.

Durante a refrega, a força paraguaia bateu-se com tenacidade, mas foi envolvida por um movimento de flanco e destroçada. Apenas 100 paraguaios, incluindo o general Bernardino Caballero, conseguiram escapar. A tradição oral paraguaia refere a participação de centenas de mulheres entre os combatentes.



Data: 11 de dezembro de 1868.
Local: Arroio Avaí, Paraguai.
Resultado: Vencedor Império do Brasil

Forças Combatentes

Império do Brasil
Comandantes: Marquês de Caxias e Manuel Luís Osório
Força: 18.900 combatentes e 26 canhões
Baixas: 1728 (297 mortos)

Paraguai
Comandante: Genereal Bernardino Caballero
Força: 5.000 combatentes e 18 canhões
Baixas: Destruição quase total
Fonte de pesquisas: Livro história de batalhas e internet.