sábado, 22 de novembro de 2008

Corinthians X AVAÍ

Tivemos hoje um aperitivo do que teremos ano que vem.
Um jogo que pitava como uma festa, mas que não foi nada amistoso.
O Corinthians entrou achando que iria golear e o AVAÍ seria a sobremesa da festa. Mas o AVAÍ foi para jogar e mostrar que está em segundo com méritos.
Saíram na frente e empatamos logo em seguida. Até sair o segundo gol deles estávamos muito bem no jogo, com o Marquinhos quase fazendo um gol olímpico.
Numa jogada rápida eles fizeram 2x1. Marcus Vinícius, que foi um dos melhores em campo, quase empatou.
No segundo tempo o pau pegou feio. Numa jogada mais ríspida do Batista, o time deles quis amontoar, daí o negócio ficou feio. O William chegou, o Marquinhos chegou e o tempo fechou. O Moraes quis dar uma de macho e bater no Marquinhos imobilizado. No Vasco ele não foi cagão e saiu corrido. Depois ainda levou um sacode do Rafael. Bonita foi a voadeira do Wendel no Herrera.
Não precisava de briga, nem devia ter, mas ninguém é criança e quando o tempo fecha tem que ter solidariedade, e isto não falta neste grupo.
Depois ainda teve um gol do André Santos numa falha do Martini e o Marcus Vinícius descontou, mas isto não importou mais nada. O jogo acabou com a briga.
Destaques para o Gustavo que foi bem e o Marcus Vinícius, Marquinhos enquanto esteve em campo e a zaga que segurou bem o rápido ataque paulista.
Pena que perdemos os nossos maestro e chefe para o último jogo. O Marquinho parece que o Pãozinho, parece que não gosta de festa.

Um comentário:

Clebinho Bruto disse...

Só vou falar uma coisa! Amigo que é amigo separa a briga na voadora.