terça-feira, 24 de agosto de 2010

De novo essa novela?

Ano passado com a bela campanha que fazíamos na Série A, a cada time que perdia seu técnico no campeonato o primeiro nome da lista era o Silas. E assim foi durante quase todo o campeonato, o Silas esteve para sair do AVAÍ no mínimo umas 5 vezes, mas manteve sua palavra de que estava comprometido com o projeto Azurra e sempre negou as propostas. Terminado o campeonato e com um certo desgaste com a diretoria, e principalmente com o parceiro do clube, acabou se despedindo do clube com pompa de ídolo e foi para o Grêmio onde teve vida curta.
Chegou o Chamusca que apesar de ter conquistado o bicampeonato estadual e com um bom início de Brasileirão nunca chegou a cair nas graças da torcida e, para o nosso bem, recebeu uma proposta irrecusável do mundo árabe e foi ganhar seus petrodólares.
Com a saída dele o Delegado foi chegando de mansinho, veio para o AVAÍ por que quis treinar o Leão e não por dinheiro, impôs sua filosofia de trabalho e começou a colher ótimos resultados. Com isto conquistou a torcida e o respeito inclusive da imprensa. Agora que eles está com o grupo na mão e fazendo sucesso no AVAÍ surge a notícia de que o São Paulo, que demitiu o Ricardo Gomes e está com um interino no comando e que está numa descendente, quer contar com os serviços do Delegado.
Pela entrevista do Lopes ele quer ficar por aqui, até por que com a sua idade a qualidade de vida vale mais do que um salário melhor mas com um stress incomparável. Acredito que o Delegado continuará fazendo suas caminhadas matinais na Beira Mar, curtindo esta ilha ao lado da Dona Elza que foi uma das maiores incentivadoras para virem para cá.
E digo mais, pela filosofia que ele implantou no AVAÍ acho que seria um técnico para continuar por aqui por algumas temporadas.

Um comentário:

Kk de Paula disse...

PERFEITO!
O Antônio é nosso é ninguém tasca!!!