sábado, 31 de julho de 2010

A hora da torcida

A expectativa é de um bom público neste jogo contra o Goiás. Viemos de uma sequência de bons resultados, o time deles vem com alguns problemas, nesta semana tivemos a ótima notícia da convocação do Renan e a cereja do bolo ficou por conta da promoção que a diretoria resolveu fazer para este jogo.
Considero a redução dos valores dos ingressos como o ponto mais importante para termos um bom público, isto por que desde o início do ano os blogueiros e a torcida em geral vem batendo nesta mesma tecla, de que o ingresso e as mensalidades estava fora da realidade do torcedor AVAIANO. Na verdade os ingressos continuam o mesmo valor dos anos anteriores, mas a diferença é que antes o valor das mensalidades eram acessíveis e a maioria do pessoal que ia aos jogos era sócio.
A torcida tanto pediu que a diretoria atendeu e está fazendo esta promoção para trazer o torcedor de volta à Ressacada. E este jogo servirá de termômetro para diretoria. Se tiverem a resposta esperada a tendência é que esta promoção seja repetida em outros jogos. E pelo que vejo nos blogs, que abraçaram a idéia e estão convocando a torcida, e nos torcedores que tenho conversado por onde passo, o provável é que o público aumente.
Mas esta atitude de fazer uma promoção aqui e outra ali é uma ação paliativa. O que precisamos é que sejam criadas novas modalidades de sócios com valores dentro da nossa realidade e rever alguns valores atuais como dos setores C, D e E que tem que ser menores que do A, e fazer um realmente popular, por uns R$ 40,00 no setor onde fica a Vanguarda Alviceleste. Assim não precisará mais fazer promoções de 50% do valor do ingresso.
Esta é a nossa hora, vamos lotar a Ressacada e mostrar que a chama continua acesa dentro de cada AVAIANO, e quem não estava indo é por realmente não ter condições.

Pai coruja

Para começar bem o final de semana e dar boas risadas.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Delegado no Campo Crítico

Acompanhei boa parte do programa Campo Crítico, da Guarujá e Ric Record, com a presença do Delegado Antônio Lopes.
Uma hora foi perguntado se ele gostaria de ficar com o Rivaldo já que o presidente Zunino disse que o Rivaldo só sai se o Antônio Lopes autorizar. Ele disse que o ideal seria manter o grupo principal e trazer alguns reforços, mas que nem sempre no futebol pode-se fazer o que se quer e deu a entender que realmente ele deve estar indo para o Palmeiras. Se alguém ainda tinha esperança se baseando nas palavras do presidente, acho que pode esquecer. Inclusive não sei se seria prudente colocá-lo neste jogo já que ele está com a cabeça do Palmeiras, pode acontecer como com o Eltinho no jogo em Criciúma quando foi negociado com o Inter. Prefiro um que esteja com a cabeça totalmente voltada para o AVAÍ.
Quando falaram sobre a vinda do Válber (confirma agora a pouco pelo Luis Alberto segundo o Elite Azul e Branca) ele disse que se agrada muito do futebol dele, que já foi seu jogador no Atlético-PR, e que acrescentaria bastante. Perguntaram se ele poderia ocupar a função que hoje é desempenhada pelo Rivaldo e ele disse que não. Na verdade o Válber encaixaria melhor na vaga do Caio. Não faz a marcação que o Caio faz mas tem mais habilidade.
Na posição do Rivaldo acho que quem se encaixa melhor hoje é o Batista. O Polidoro chegou a perguntar a situação do Batista e o Lopes disse que ele está trabalhando com o grupo mas como o Rivaldo estava melhor acabou assumindo a vaga, e que o Davi também cai por aquele lado. O Davi joga pela esquerda mas as características são muito diferentes e acredito que, com a saída do Rivado, chegou a vez do Batista voltar ao time titular. Confio no futebol dele e acho que ainda será muito útil neste Brasileirão.
O Robertinho que estava esquecido foi liberado juntamente com o Frédson. Já o Bruno foi reintegrado e agradou o Lopes. O Bruno deve ser uma opção para vaga do Marcinho Guerreiro. Outro que deve retornar é o Thiesen que acho que vai brigar com o Bruno para ser o primeiro reserva do Marcinho. Não o vejo como opção para o lugar do Rivaldo.

FraZé

"O Brasil não faturou a Copa de 2010, mas certamente irá superfaturar a de 2014".
Bom fim de semana a todos
Seu Zé

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Não esqueçam, dia 15 tem Feijoada do AVAÍ

Camisetas/convites comigo (alessandrotrv@hotmail.com)

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Pepinos a vista

Acabei de ouvir o noticiário do Janiter e se as informações se concretizarem podemos ter problemas em breve.
Rivaldo parece estar realmente de saída. O Palmeiras já dá como certa a sua contratação. Infelizmente estamos perdendo um bom jogador, polivalente e que tinha encaixado muito bem no time, além de ter qualidade para atuar não só como volante ou cobrindo a lateral como ele vinha jogando, mas também como um meia mais avançado. O jogador que temos no grupo com as características mais próximas do Rivaldo é o Batista que não tem ficado nem no banco, mas que acredito no seu futebol e confio que voltará a jogar como na Série B de 2008.
Outro que já se especulava mas não foi dada muita atenção à informação é sobre uma possível saída do Caio. Há o interesse do futebol árabe e pela entrevista concedida pelo jogador as negociações já estão bem encaminhadas. Uma pena pois ele está muito bem nesta Série A e podemos estar perdendo metade do nosso meio-campo que finalmente está funcionando.
Em contrapartida podemos ter alguns retornos. Rodrigo Thiesen pode voltar já que o Vila Nova está com os salários atrasados. Outro que foi comentado é o Válber, e se ele realmente retornar teremos um substituto para o Caio. Este retorno parece bem oportuno e interessante.
Marcelo Costa, meia do Caxias, foi sondado pelo AVAÍ mas o time do cai-cai não tem interesse em negociá-lo. Cabe ao AVAÍ apresentar uma proposta e tentar seduzí-lo com a possibilidade de jogar numa Série A já que atualmente ele está disputando a Séri D.
Em relação ao treinamento, com a ausência do Marcinho Guerreiro, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, no seu lugar o Delegado escalou o Vandinho, fazendo o meio com Rudinei, Rivaldo, Caio e Robinho, e o ataque com Roberto e Vandinho. O Goiás foi julgado e o Leão, Rafael Moura e Romerito estão suspensos preventivamente por 30 dias. Infelizmente não vamos poder elogiar o Leão ali do nosso lugar no parapeito.

Taí o que você queria

Parece que a diretoria se convenceu do erro cometido no início do ano com aquele aumento absurdo nas mensalidades e a manutenção dos altos preços dos ingresso que resultaram num público mixuruca durante todos estes primeiros sete meses do ano e resolveu atender o apelos da massa AVAIANA.
Para este jogo contra o Goiás será feito uma promoção de ingressos. Fora o setor A, tudo pela metade do preço. Setores descobertos por R$ 30,00 o ingresso inteiro (acima de 18 anos) e R$ 15,00 meia entrada (de 12 a 18 anos e estudantes), e cobertos (C, D e E) por R$ 50,00 inteira e R$ 25,00 meia. Agora não tem desculpa para não ir ao jogo, e se enchermos o estádio provaremos que o baixo público deve-se única e exclusivamente ao preço exorbitante até aqui praticado pois frio, chuva, fila, etc., sempre existiram e a Ressacada sempre teve um bom público.
Em princípio estes preços serão apenas para este jogo contra o Goiás, mas se a torcida corresponder, acredito que se repita. É claro que em jogos contra times de grande apelo como o Corinthians, Flamengo, São Paulo, etc., os preços devem ser os que vinham sendo praticados, devido à procura nestes jogos. Com qualquer valor de ingresso a tendência é de casa cheia e o AVAÍ não perderá a oportunidade de dar uma "desafogada".
Mas a iniciativa é boa. Ponto pra diretoria. Vamos corresponder e provar que as reclamações procediam. O Goiás pode não ser lá uma grande atração, mas vamos ver o AVAÍ que vem apresentando um belo futebol e o nosso goleiro de Seleção. Não há desculpa para pouco público.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Nova modalidade de sócios

No final da semana passada o Presidente Zunino anunciou no seu twitter num e-mail enviado ao Rafael Botelho que seria criada uma nova mensalidade de sócios. O plano é semelhante a um que já existia e que curiosamente tinha o nome de Sócio Coração, nome que é utilizado agora para a campanha de sócios, e consiste numa mensalidade de R$ 25,00 que dá direito a desconto de 60% na compra de ingressos.
Ouvi e li muita gente com opinião totalmente contrária a esta modalidade de sócios, dizendo que não resolveria em nada, que se a pessoa fosse em mais de um jogo por mês já ficaria mais caro que a mensalidade normal. Pois bem, também acho que ainda está muito longe do ideal. Precisamos de um plano familiar, um mais popular, um para estudantes, talvez um que dê direito a um número limitado de jogos por mês, sei lá, sempre vai ter uma parcela da torcida que vai precisar de um plano diferente, mas fico feliz de o AVAÍ estar reconhecendo o tremendo erro cometido no início do ano e flexibilizando aos poucos.
E vou além, acho que este plano pode dar bastante retorno ao clube. No início pode-se até perder um pouco de receita, já que algumas pessoas que hoje estão nos outros planos podem migrar para este, mas a medida de o pessoal que hoje não é sócio aderir a este plano e aos poucos ir readquirindo o costume de ir aos jogos provavelmente perceberá que é mais vantajoso os outros planos e mudarão.
E sempre tem aquelas pessoas que não é que não querem ir aos jogos, mas que realmente não podem por diversos motivos, e com o aumento das mensalidades tiveram que abandonar o clube. Por exemplo o pessoal que estuda a noite, que trabalha a noite ou fora da cidade, ou qualquer outro motivo, e que só podem ir a um ou outro jogo, e quando podem, para estes será interessante esta modalidade já que ele também poderá escolher o setor que quiser assistir ao jogo e a qual jogo ele irá. É claro que o maior beneficiário deste plano será o chamado "torcedor de pijama" mas não quer dizer que este pessoal não tem direito a frequentar o estádio, e com este preço de hoje está impossível tanto que a evasão de público é notório.
Apóio este tipo de iniciativa mas não pode parar por aqui, é preciso muito mais para conseguir um público digno de Série A e da grandeza do Leão. Reconhecer o erro é um sinal de grandeza, mas depois deste tiro no pé dado no início do ano talvez a diretoria ouça os apelos da torcida antes de fazer uma coisa destas. Todos concordam que era justo um aumento, mas que fosse de R$ 5,00 ou R$ 10,00 e não de R$ 40,00 com em alguns setores. Os blogs imploraram que isto fosse revisto. Podemos não entender de finanças, de marketing, de negócios, mas entendemos de AVAÍ e conhecemos a nossa torcida.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

E o Rivaldo?

Depois da excelente notícia da convocação do Renan para Seleção Brasileira, a outra notícia que pipocou na Ressacada hoje foi a provável ida do Rivaldo para o Palmeiras. No jogo contra o Atlético já se comentava esta possibilidade. O Luis Alberto chegou a falar do assunto dizendo que era improvável já que a prioridade no momento era o projeto, ou seja uma boa campanha, e não negociação de jogadores.
Mas hoje o enfoque foi outro. O dono da L.A. se reuniu com o presidente Zunino e na pauta estava a proposta feita pelo Palmeiras para tirar o nosso bom volante. Apesar de ter feito poucas partidas, apenas 4, o Rivaldo se encaixou muito bem no time e empolgou a torcida com a sua qualidade tanto na marcação como na saída de bola.
Vamos torcer para que ele permaneça mas pelo tom da entrevista do Luis Alebrto eu acho que o Rivaldo já está preparando as malas rumo à São Paulo. E com a saída do Rivaldo precisaremos ainda mais de reforços para o meio, principalmente na área de armação.

É Seleção

Catarinense e jogando por um time catarinense. Diferente dos outros que passaram por times do estado e que só depois de terem saído que foram convocados, Renan é catarinense e joga pelo mais vezes campeão do estado. É o AVAÍ na Seleção.
Tem condições e um futuro promissor. Não é a toa que foi o destaque da nossa bela campanha na Copa SP de 2009 e hoje é nosso titular.
Parabéns Renan.

domingo, 25 de julho de 2010

Lá se foram 2 pontinhos

Ontem falei que o jogo seria encardido, mas fizemos um excelente primeiro tempo, anulamos as principais jogadas do Galo e perdemos vários gols. Merecíamos ter saído para o intervalo com um placar de 2x0 para nós. Eltinho e Roberto perderam oportunidades claras de gols. Não fizeram e ficamos no 0x0.
No segundo tempo o Luxemburgo já voltou com um atacante no lugar de um zagueiro. Com poucos minutos o Daniel Carvalho foi expulso após um carrinho maldoso. Mais tarde o Neto Berola também foi expulso em uma jogada semelhante. Com dois a menos ficou um jogo de ataque contra defesa. A rigor tivemos apenas uma chance mais clara de gol num lance que o Caio pegou de primeira, o Fábio Costa defendeu, ficou um bate rebate dentro da área até que o Rudinei chutou para fora.
O que deveria ser favorável ao AVAÍ, jogando contra 9, acabou dificultando as nossas ações ofensivas já que eles se fecharam lá atrás formando uma verdadeira muralha que não conseguimos transpor. Algumas peças não funcionaram como o Rudinei, Eltinho e Roberto. Robinho foi muito bem no primeiro tempo e desapareceu no segundo. Caio e Patric voltaram a jogar muito. Achei que o Lopes errou na última alteração, o Rudinei estava mal e precisávamos do Eltinho que é bastante agudo e se fosse para tirar o Eltinho que colocasse o Pará.
Eu já imaginava um jogo complicado mas conseguimos nos impor no primeiro tempo e eles ficaram com dois a menos no segundo. Pelas circunstâncias do jogo teríamos que abocanhar os três pontos, mas assim como perdemos dois pontos em casa (e podemos considerar dois pontos disperdiçados sim), pontuaremos fora. O importante é que vemos uma evolução flagrante no time e sabemos que podemos recuperar estes pontos em jogos que antes seriam considerados como derrota certa.
__________________________
Foto: clicrbs.com.br

sábado, 24 de julho de 2010

Jogo encardido

Daqui a pouco teremos outra bucha pela frente. O Atlético-MG, apesar de estar na penúltima colocação, sua posição não condiz com o elenco que eles apresentam. Fábio Costa, Fernandinho, os Diegos, Daniel Carvalho, entre outros, comandados pelo Luxemburgo. Nada que se compare com um Bragantino ou Asa de Arapiraca, é claro, mas este grupo deve brigar no lado de cima da tabela.
Eles vem de duas derrotas e consideram o jogo de hoje como o ideal para vencer fora de casa e conseguir uma reabilitação. Certamente vão com tudo para tentar isto.
Sabemos das dificuldades que iremos enfrentar, mas cabe a nós segurarmos os ânimos iniciais dos alvinegros e impor o nosso futebol. Rudinei que vinha bem no time e ficou de fora do último jogo por suspensão volta ao time, o restante é o mesmo que empatou no Maracanã. Aliás, é o mesmo time que venceu no Morumbi.
O Delegado sabe o time que tem na mão e parece que também já entendeu a força da nossa torcida, que não vem sendo muito prestigiada ultimamente. No jogo contra o Palmeiras ele elogiou demais a participação da Camisa 12, inclusive dizendo que fizemos um gol, e agora voltou a pedir apoio da torcida, falando da nossa força.
Apesar do mau tempo acredito que o público será melhor hoje e temos uma missão importantíssima neste difícil confronto. Aos poucos a diretoria vai tentando minimizar os estragos feitos durante este ano, já surgiu uma nova modalidade de sócios que, se não é a ideal, pelo menos incentiva o pessoal que não quer ia a todos os jogos a pelo menos poder ir àqueles que escolher com um preço mais acessível. Repito, se não é o ideal, pelo menos é uma forma de tentar trazer aqueles que não podem ou não querem ir a todos os jogos. Para nós que vamos a todos não muda nada.
Vamos lá, hoje a torcida será fundamental, o jogo é difícil e temos que jogar junto. Deixemos os problemas de lado em prol da instituição AVAÍ Futebol Clube.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

IV Feijoada do AVAÍ

É isso aí pessoal, vem aí a IV Feijoada do AVAÍ com muitas atrações e animação para esquentar as turbinas para o jogaço contra o Corinthians. O jogo será às 16h, portanto a partir das 11h os portões já estarão abertos. Para maior conforto a ASSTA conseguiu muito mais mesas e cadeiras e melhorou a forma para servir o pessoal.
As camisetas custam R$ 30,00 e podem ser adquiridas nos pontos de vendas ou comigo através do e-mail alessandrotrv@hotmail.com

FraZé

“Os alemães lá, tem um polvo que sabe de tudo, os brasileiros aqui, tem uma Lula que não sabe de nada.”

Bom fim de semana a todos
Seu Zé

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Outro bom resultado

Pra variar estou postando os comentários do jogo com 24 horas de atraso, mas vamos lá.
Assim como nós, o adversário também vinha de duas vitórias seguidas. E assim como nós eles também acreditavam que dava para vencer e emplacar a terceira seguida, e ainda jogavam em casa. Em resumo, antes do jogo ambos os times estavam muito esperançosos em mais uma vitória.
No início do jogo o Flamengo veio amndando no jogo e logo aos 10 minutos abriu o placar. O AVAÍ sentiu o golpe. Aos poucos foi se organizando e levou perigo ao gol rubro-negro em algumas oportunidades como na falta cobrada pelo Gabriel e numa tabela que o Roberto recebeu na frente e cruzou mas a zaga tirou. Eles também tiveram outras chances mas também nada de mais agudo.
No segundo tempo o Delegado já voltou com duas alterações que surtiram efeito. O Marcos entrou bem e o AVAÍ começou a pressionar até que com quase 30 minutos o Gabriel mandou um pombo sem asas e tirou o selinho do goleiro carioca. Ainda pressionamos mais um pouco e no finalzinho eles também tentaram mas o jogo terminou empatado e ficou de bom tamanho para ambos os times.
Ganhamos mais um ponto fora. Trazer um ponto do Maracanã contra o atual campeão brasileiro é sempre importante. Renan, Gabriel, Émerson e principalmente o Patric foram muito bem. Aliás, o Patric já vinha jogando bem e contra o Palmeiras citei como sendo um dos principais jogadores, mas ontem ele jogou muito, incorporou a raça Azurra e foi incansável, tanto ajudando lá atrás como no último lance do jogo quando ele tirou uma bola de cabeça, como sendo nossa principal saída de bola. O Delegado mais uma vez leu bem o jogo e fez as alterações necessárias.
Depois de uma bela sequência de resultados a tendência é que o público aos poucos vá melhorando, o pessoal que deixou de pagar volte a colocar suas mensalidades em dia e a torcida comece a jogar junto com o time.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Ainda a questão da torcida

Até tenho twitter, mas nunca postei nada e também não costumo acompanhar o que se passa. Mas dando uma passada pela blogosfera AVAIANA fiquei sabendo de umas postagens do nosso presidente na tarde de ontem.
Já vi muita gente dizendo que não seria o presidente quem alimenta o seu twitter, coisa desmentida por ele. Ontem, após algumas reclamações do Zunino em relação ao público do último jogo voltou a falar-se do real autor das "twittadas". O próprio presidente ligou para Kátia reafirmando que foi ele que postou aqueles comentários, dizendo que ficou decepcionado com o pouco público do último jogo, que as mensalidades ficariam "congeladas" por um longo período e pedindo que a imprensa dê uma trégua na questão de mensalidades e preço de ingressos. No blog VidAvaí um leitor fez um comentário dizendo que os blogueiros estão contribuindo para o pouco público na Ressacada, além de enaltecer os erros do clube e minimizar os méritos.
Assim como falei ontem, o que tenho visto são erros básicos e pouca percepção de como a torcida deve se portar. O problema é que a maioria destes erros, quando as ações são anunciadas, os blogs alertam insistentemente de que isto ou aquilo não dará certo. Para dar dois exemplos mais recentes posso citar a forma como foi conduzido o aumento das mensalidades e a cobrança de ingressos na famigerada Copa Fora de Hora.
O presidente Zunino alega que o alto valor do ingresso é necessário pois não se pode cobrar valores diferentes para setores iguais e é assim que o AVAÍ lucra com a torcida adversária. Sempre defendi a cobrança de valores mais altos dos ingressos para incentivar o torcedor a se associar, mas com os preços das mensalidades muita gente não pode nem ir a jogos avulsos muito menos se associar.
Infelizmente o AVAÍ fez uma escolha perigosa, preferiu focar no torcedor adversário que "dá um lucro" esporádico em detrimento do sócio que traz uma receita permanente. Vamos torcer para que os resultados venham, a paixão fale mais alto e os torcedores que abandonaram o clube retornem, mas volto a repetir que a escolha foi perigosa e bastante gente ficou muito chateada com estas atitudes da diretoria.
Torço sinceramente que a diretoria reveja algumas questões e dê mais atenção ao sócio pois do jeito que as coisas estão sendo conduzidas não é bom nem para o clube nem para o seu maior parceiro, o torcedor.

terça-feira, 20 de julho de 2010

E a torcida?

Pois é, vitória histórica contra o São Paulo em pleno Morumbi, jogo contra o Palmeiras contando com Kleber, Marcos Assunção, Pierre, etc., além da tão falada estréia do técnico pentacampeão mundial em 2002, Felipão.
Atrativos suficientes para um público de 15.000 pessoas. Descontando o tempo frio e a chuva, o público normal deveria ser em torno de 12.000 torcedores. O trânsito não podemos considerar neste cálculo já que não é uma variável, é permanente. Mas o público total foi de 8.300 torcedores. Considerando que na torcida do Palmeiras devia ter em torno de 3 mil, tínhamos em torno de 5.300 AVAINOS.
Convenhamos, um público irrisório para um time que diz ter 12.000 sócios. Quer dizer que menos da metade dos sócios se deu ao trabalho de ir a um jogo deste? Atrativos não faltavam.
Vamos aos possíveis motivos para o público fraco:
- os maus resultados antes da parada da Copa,
- os 40 dias sem jogos oficiais,
- e a famigerada Copa Fora de Hora.
Todos estes fatores contribuiram para que muitos sócios ficassem inadimplentes. O AVAÍ tem que pensar urgentemente numa forma de chamar o torcedor novamente para junto do time. É claro que a principal isca são as vitórias, mas outros atrativos tem que ser criados como uma reformulação na campanha de sócios e revisão no preço dos ingressos para que possibilite que torcedores que não são sócios compareçam aos jogos. O AVAÍ precisa do torcedor e é preciso que se firme uma parceria entre clube e torcida, e uma parceria que seja boa para ambos.

"P1 continua sendo a permanência na Série A"

Estas são palavras do Delegado Antônio Lopes. P1 no caso é a prioridade número 1. E ele está repleto de razão. Apesar das duas belíssimas vitórias contra dois dos maiores clubes do país temos que manter o pezinho no chão e ter a consciência que o nosso principal objetivo é alcançar os 50 pontos para nos garantirmos na Série A.
É claro que todo mundo quer uma campanha como a do ano passado ou até melhor do que aquela, mas vamos com calma, um passo de cada vez, exatamente como em 2009. Primeiro afastar a possibilidade de rebaixamento. Entre não cair e se classificar para Copa Sulamericana a diferença são poucos pontos, e foi isto que conseguimos. Daí para conquistar uma vaga na Libertadores já são outros quinhentos. O time tem que estar muito certinho.
Se antes da parada para Copa parecia estar tudo errado, agora o Lopes conseguiu dar uma cara para o time e parece que estamos no caminho certo. Sempre com humildade, dedicação e raça do time, todos se ajudando como vimos ontem num futebol solidário, acredito que estamos no rumo certo para ir alcançando cada objetivo traçado.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Belíssima apresentação

Acho que nem o mais otimista dos AVAIANOS esperava 6 pontos nestes dois últimos jogos. Na real, nos últimos 9 pontos disputados esperava-se 4. Perdemos para o Flu mas recuperamos contra o São Paulo, e contra o Palmeiras um empate estava de bom tamanho.
Mas o AVAÍ continua fazendo das suas. Contra um bom time e que vai render muito mais no campeonato assim que o Felipão impor seu padrão de jogo. Não temos nada com isto, fomos melhor no jogo e mesmo com um a menos por um tempo inteiro conseguimos os três pontos.
O Palmeiras saiu na frente quando éramos melhores em campo, justamente numa falha do nosso goleirão, mas ele tem crédito com a torcida. Sentimos um pouco o gol mas aos poucos fomos tomando conta e foi questão de tempo para empatarmos com o motorzinho e virarmos com o Robinho. Numa falta desnecessária no meio-de-campo o Pará levou o amarelo, o vermelho foi consequência e bem aplicado em um carrinho na entrada da nossa área. O Delegado chegou a chamar o Marcos mas segurou a alteração.
Voltamos nos defendendo mas logo no início eles empataram num pênalti. O Palmeiras pressionou mas sem agredir muito, conseguimos segurar o jogo e aos poucos fomos equilibrando a partida. Quando o jogo já se encaminhava para um empate, Roberto partiu pra cima e sofreu pênalti que o Caio bateu mal mas pegou o rebote e guardou. Ao apagar das luzes o Roberto recebeu um lançamento como gosta, o goleiro saiu perdido, ele só tirou e mandou para o gol. Uma bola chorada que fez a Ressacada sacudir.
Grande apresentação. O time como um todo foi muito bem, destaco o Patric que foi incansável teve a bola do jogo quando evitou um gol certo do Kleber. Se eles tivessem feito aquele gol dificilmente conquistaríamos os três pontos. Outro monstro foi o Gabriel que anulou o Gladiador. Já no início de um "Deus te abençoe" numa disputa pelo alto que ele notou que por mais encrenqueiro que seja não poderia se engraçar com o nosso gigante. Gostei muito também do polivalente Rivaldo. E claro, Caio que comandou o time no meio-campo e o Roberto que vem sendo essencial para o nosso time. Parabéns também ao Delegado que com pouco mais de uma semana no cargo já conseguiu mudar a cara do time e dar uma consistência que o Chamusca não conseguiu dar.

sábado, 17 de julho de 2010

As escolhas do Delegado

Gostei da postura do Delegado. Apesar de reconhecer a qualidade do Zé Carlos e do Rafael e saber que eles tem todas as condições que reconquistarem a titularidade, concordo com a maioria da torcida de que o Antônio Lopes está perfeito em manter os que foram bem no jogo anterior.
O Renan foi muito bem e desde o estadual ele mostra que tem condições de brigar pela camisa número um. A favor do Zé Carlos pesa a experiência e a excelente reposição de bola que vira uma boa arma de contra-ataque do time, mas o Renan já provou que tem personalidade e que o Zé Carlos terá que ralar para voltar à titularidade.
O caso do Rafael é diferente. Sem dúvida ele tem qualidade para ser titular, juntamente com o Émerson forma a nossa melhor dupla de defesa, além de já ter uma história no AVAÍ e já ocupar uma posição de ídolo da torcida, mas como ficou mais de uma semana parado precisa voltar a melhor forma. Certamente com o tempo reconquistará seu lugar no time titular, mas neste momento é justo que dê a vaga para quem está mais no ritmo.
Com atitudes simples e sensatas o Lopes vai ganhando moral com a torcida. Manda bala Delegado.

sexta-feira, 16 de julho de 2010

FraZé

"Não almocei pensando em você, não jantei pensando em você, agora não consigo dormir porque estou com fome."


Bom final de semana a todos
Seu Zé

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Vem aí a 4ª Feijoada do AVAÍ

"Nada pior do que pegar o São Paulo já de cara..."

Este era o pensamento da grande maioria dos AVAIANOS. Vínhamos de uma sequência ruim no Brasileirão, com um futebol que não empolgava ninguém, e somado aos "desencontros" com a diretoria Azurra deixava o torcedor pouco esperançoso por um resultado favorável. Um empate já teria um gostinho ótimo.
Mas este AVAÍ realmente faz coisas. O Delegado soube explorar bem as características dos nossos jogadores, armou bem taticamente o time para o contra-ataque e hoje o nosso pensamento é "nada melhor que uma convincente vitória sobre o poderoso São Paulo em pleno Morumbi para elevar o ânimo geral na Ressacada e embalar para uma boa sequência de jogos".
Nosso novo capitão Marcinho Guerreiro foi um monstro. Gabriel foi bem e anulou o Fernandão. Rivaldo mostrou que tem qualidade e formará a dupla de volantes com Marcinho. Roberto provou que vem sendo um dos mais regulares e nossa grande arma nas suas arrancadas, perdeu um gol no primeiro tempo mas fez o seu no segundo e deixou Vandinho a vontade para marcar o seu. Renan mais uma vez provou que estamos muito bem servidos de goleiro e mostrou muita personalidade e segurança do alto dos seus 19 anos.
Agora é focar no Palmeiras pois teremos um jogo diferente, agora nós que teremos que atacar por estarmos em casa mas o Delegado tem experiência de sobra para organizar o time. É só pedreira, ontem São Paulo, domingo Palmeiras, depois Flamengo, não tem moleza. Quer moleza vai jogar com Asa de Arapiraca ou Vila Nova.

terça-feira, 13 de julho de 2010

A nova formação AVAIANA

Pelas informações dos treinos AVAIANOS, o Delegado tem formado o time com Renan, Patric, Émerson e mais um zagueiro, já testou Léo San, Émerson Nunes e o Gabriel, e Eltinho (que já está liberado para jogar na quarta), o meio-campo com Marcinho Guerreiro, Rivaldo, Rudnei e Caio, e o ataque com Robinho e Roberto.
Na zaga a minha preferência é pelo Émerson Nunes enquanto o Rafael não retorna. Como ele está jogando com 2 zagueiros, vem formando o meio com um volantão e dois segundos volantes, no caso o Rivaldo e o Rudnei que são jogadores que marcam mas que saem para o jogo também, completando o meio com o motorzinho Caio. Na frente ele parece querer explorar os contra-ataques com o Robinho ao lado do Roberto pois são dois jogadores habilidosos e rápidos.
Estranhei foi a ausência do Vandinho que assim como o Sávio está treinando e deve entrar no decorrer das partidas mas eu esperava que eles fossem titulares. Pelo menos isto prova que ninguém vai jogar no nome com o Delegado. Leonardo e Marcelinho continuam aprimorando a forma física mas precisam fazer isto para ontem pois tivemos 40 dias de "recesso" e eles já deveriam estar na ponta dos cascos.
Este jogo vai ser dureza, mas quem sabe damos aquele biquinho lá para espantar a zica.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Filho de peixe...

O papo do momento é a agressão do ex-presidiário Deu-fim-zinho, o filho do Fidel Castro catarinense, ao jornalista Rodrigo Santos da Rádio Cidade de Brusque. Provando que o tempo em que ficou recluso, por mais de um ano, não serviu para ressocializá-lo, o cidadão utilizou-se do "status" de funcionário da fcf, apresentou sua carteira funcional aos seguranças e disse que iria dar uma entrevista a uma rádio. Ao acessar o espaço da imprensa, invadiu a cabine de rádio em que o Rodrigo trabalhava perguntando quem era o Rodrigo e covardemente começou a agredí-lo acompanhado de seus capangas.
Assisti a uma entrevista dele na Ric Record dizendo que ele chegou dizendo que não era mais para o Rodrigo citar o nome dele e acabou se descontrolando e partindo para agressão. Provavelmente o motivo real disto tudo tenha sido a correta repercussão que o Rodrigo fez do caso que um dirigente da fcf admite que os sorteios de árbitros é uma farsa e que o Deu-fim-zinho estaria envolvido nisto justamente com o seu pai.
Todo mundo sabe que o cara é um fio desencapado mas poucos imaginariam que ele chegasse a este ponto por ser uma pessoa conhecida. Agora cabe à polícia investigar direitinho o caso e mandar o bandido novamente para trás das grades.

Nova dupla sertaneja


sexta-feira, 9 de julho de 2010

FraZé

Tenho minhas desconfianças sobre o comportamento de alguns analistas em condenar, desacreditar, invocar para si o direito de ter previsto a desclassificação prematura da Seleção brasileira na copa do mundo de 2010. Principalmente o especialista e o chutador profissional, o cronista sazonal e o analista acadêmico.
Claro, tem aquele tipo de analista que não veio ao mundo para errar. Antes do jogo do Brasil, o lendário, Johann Cruyff disse que a seleção brasileira não era para ser levada a sério, que não tinha “magia”. Na mosca!
“Se sentir a jabulani tocando nas suas costas, relaxe; a vuvuzela já entrou”.
Bom final de semana a todos
Seu Zé

quinta-feira, 8 de julho de 2010

A volta dos que não foram

Lembram quando o Jacaré foi negociado com um time da Malásia? Mal foi e já estava voltando. A justificativa era a comida, o lugar, não conseguiu se ambientar, comeu meia dúzia de minhocas e voltou. Como era ídolo por aqui a torcida ficou feliz e comemorou o retorno.
Me lembrei deste causo nesta história do Rafael. Semana passada ele estava se despedindo pois tanto ele como o AVAÍ iriam ganhar um bom dinheiro por um contrato até o final do ano e depois ele retornaria.
Pois não é que os coreanos não cumpriram o que foi acordado, ele não se agradou da situação e está voltando? Financeiramente pode não ser um bom negócio este retorno, mas tecnicamente não tenho dúvidas que é excelente.
Teríamos uma enorme dificuldade de conseguir um zagueiro da sua qualidade e característica disponível no mercado, e além disto o valor recebido com o empréstimo dele provavelmente ficaria quase todo comprometido com a contratação de um novo zagueiro, ou seja, além de uma contratação de um jogador que não saberíamos se ele renderia o mesmo que o nosso capitão.
Com a negociação do Rafael logo surgiu o nome do seu irmão Cássio para retornar ao AVAÍ. Me agradou bastante, e mesmo com o retorno do Rafael, ainda me agrada, gostaria de ter os dois novamente no grupo. Os estilos são parecidos mas acho que o Cássio se impõe mais fisicamente.
As primeiras informações de que teríamos de dois a três reforços parece que não se confirmarão e em princípio por enquanto seguiremos com o que temos mas acho que o Cássio seria uma boa já que está desprestigiado no Fluminense e aqui seria muito útil.
Seja bem vindo novamente Rafael.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Como destruir uma carreira

O goleiro Bruno está ensinando todos os passos de como arruinar uma carreira promissora. Apesar de ser um pouco irregular e tomar seus franguinhos, é inegável a qualidade do Bruno e o seu potencial. Mas desde o início da carreira sempre teve seus tropeços.
Surgiu bem no Atlético-Mg e foi negociado com o Corinthians de onde saiu por indisciplina. No Flamengo foi ganhando moral, sendo um dos principais jogadores do time e até mesmo capitão. Mas fora de campo sempre foi uma lástima. Agrediu garotas de programa no seu sítio em MG, deu declarações extremamente infelizes quando tentou defender seu amigo Adriano em outro caso de agressão à sua noiva, e agora está atolado até o pescoço no assassinato de sua ex-amante.
Pelas notícias que se vê na TV parece claro que foi ele o mandante do crime, e levando-se em conta seu histórico e o vídeo gravado pela própria Eliza dizendo que estava sendo ameaçada e qualquer coisa que lhe acontecesse todos saberiam quem foi o responsável, tudo fica muito explícito.
Um cara que tinha de tudo para se dar bem na vida, já foi escolhido como um dos melhores do Brasil e talvez pudesse até aparecer na seleção, joga tudo pelo ralo pelo simples fato de não ter nada na cabeça, ser uma pessoa despreparada pra fama que adquiriu.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Sobre o estupro da menina

O assunto na cidade na semana passada era o caso do estupro daquela menina de 13 anos por uns playboyzinhos da cidade. A imprensa local quase não falou sobre o assunto mas a Record Nacional foi atrás dos fatos. Vejam a reportagem:

segunda-feira, 5 de julho de 2010

O Delegado chegou

Com a saída do Chamusca e a percepção que algo estava errado, a diretoria azurra tratou de mudar também o perfil do novo técnico. Sai um técnico jovem e estudioso e chega o Delegado, um treinador experiente, que já comandou vários times grandes do futebol brasileiro, ganhou títulos importantes, mas também já tirou outros de situações bem complicadas.
Como vínhamos de uma sequência de maus jogos e derrotas, gostei da chegada do Antônio Lopes. É daqueles caras que podem ser chamados de "puta velha" do futebol brasileiro. Conhece do meio, sabe lidar com "estrelas", e ao mesmo tempo que é disciplinador sabe ser um paizão para os jogadores.
Na minha visão o Chamusca tinha perdido o grupo. Agora com um novo treinador podemos ver alguns jogadores que renderam pouco com o Chamusca se superando e até mesmo alguns, que não tiveram oportunidade, aparecendo no time, falo especificamente do Frédson que já jogou um pouco contra o Coxa. Ao mesmo tempo poderá dar uma enxugada no nosso elenco que está bastante inchado.
Vejo com bons olhos a chegada do Delegado Antônio Lopes. Em último caso ele pode mandar prender algum bandeira que estiver nos prejudicando.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Agora é tarde

Acabo de ler a seguinte Nota Oficial do AVAÍ:

"Nota Oficial

O Avaí Futebol Clube, atendendo os apelos dos associados, decidiu em reunião ocorrida nesta sexta-feira, liberar o acesso “gratuito” nas rodadas seguintes da Copa da Hora, aos sócios adimplentes com a Tesouraria do Clube. Portanto, nas partidas contra o Coritiba, neste sábado, às 21h30min, e contra o Grêmio, na segunda-feira, dia 5, o sócio “adimplente” terá acesso normal ao Estádio da Ressacada, bastando que apresente a carteira de sócio nos portões do Estádio.

A DIRETORIA"

Depois do estrago feito, da porteira arrombada, não adianta coisas deste tipo. O AVAÍ comprou uma briga com a torcida e ficou do lado da rbs. Toda uma relação de confiança entre clube e torcida ficou extremamente abalada, agora que viram que o boicote foi total estão querendo arrumar.

O problema é que a relação ficou abalada. A torcida não gostou nem um pouco da atitude da diretoria e não é liberando o acesso nos jogos seguintes que isto vai se resolver. O pior é que como a Copa Fora da Hora É DA rbs, provavelmente o AVAÍ vai ter que bancar o ingresso dos sócios que forem aos próximos jogos. Se for assim, será outro erro pois a relação com a torcida não vai melhorar e ainda vão ter que desembolsar um bom dinheiro por isto, que deixe o prejuízo com a rbs que foi o estopim de tudo isto.

Até acho que a intenção é reverter o mal-estar criado com esta Copa, mas agora é tarde para fazer afagos. Não fui no primeiro jogo e não irei nos próximos e, da forma que foi conduzida toda esta situação, não acredito que os sócios apareçam em peso nestes jogos. Espero que sirva para diretoria avaliar o que tem sido feito com o torcedor e reflita se estão mesmo no caminho certo como imaginam, eu tenho certeza que não estão.

FraZé

"As pessoas que vencem neste mundo são as que procuram as circunstâncias de que precisam e quando não as encontram, as criam."

Bom fim de semana a todos
Seu Zé


Surpresa

Confesso que fui pego de surpresa com a saída do Chamusca. É claro que sabia do interesse de outros clubes nele, mas eram clubes médios do Brasil, e também falou-se da seleção japonesa, mas como ele recusou as primeiras propostas e inclusive participou da intertemporada. Agora, quando o clube começava os jogos amistosos preparatórios para o Brasileirão recebemos a notícia que ele está indo para as Arábias. Não que eu ache um primor de técnico e nem me impressiono com os números dele, mas realmente eu não esperava esta saída agora.
Mas talvez esta mudança de comando seja boa para dar uma sacudida com o grupo que vem de uma sequência muito ruim de resultados. Só espero que venha um técnico que realmente possa mudar algo e não traga uma penca de gente grudado nele igual a balaio de siri.
Só que uma coisa me intrigou, será que a diretoria não sabia da possibilidade da saída dele? Será que não podiam ter se antecipado para que o novo técnico já participasse da intertemporada? Não sei, talvez a diretoria tenha sido surpreendida também, mas são dúvidas que me surgiram, ainda mais depois de tantas trapalhadas que temos visto.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Coisas que o AVAÍ faz...

Bom, a diretoria conseguiu proibir os sócios (proibiu sim, pois cobrar dos sócios para ir a jogos na Ressacada é praticamente uma medida proibitiva) de frequentarem este Torneio Fora de HORA e já começamos a ver algumas consequências.
Primeiro que o público foi ridículo. Não fui, não assisti pela TV, e ouvi só alguns poucos minutos pelo rádio, mas pelas fotos e comentários de quem viu pela TV, o público parecia de jogo amador do Norte da Ilha, tanto que tudo que se falava dentro de campo era ouvido nas arquibancadas. Deve estar dando um lucro pra rbs que é uma grandeza.
Em consequência disto tivemos um time apático, sem vontade e que, como mostra esta ilustração do Blog AVAIxonados, sem o apoio da torcida (que repito, foi excluída deste torneio), se torna uma presa fácil para seus adversários. O caldeirão de outras épocas está mais frio e parado que água de poço, e infelizmente deve permanecer assim até que se mude a política de afastamento de sócios implementada pela diretoria.
Associado a isto, vemos um time que passou uma semana treinando em Curitiba e não mostrou nenhuma mudança, além do técnico sair já depois do primeiro jogo após a intertemporada. O capitão Rafael também saiu, restando apenas o Émerson do time que fez bonito no ano passado. Eltinho voltou mas não jogou, Sávio voltou pro DM e o Dinélson também ainda não deu o ar da sua graça
Tem coisas que só o AVAÍ faz mesmo...

Protesto dia 03/07